Enel remove 19 toneladas de fios clandestinos de postes localizadas nas áreas da sua concessão no Rio

Com a ação, a Enel visa reduzir o risco de acidentes, além de diminuir o impacto visual causado pelo excesso de fios

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente Ilustrativa / Reprodução: Internet

As ações fiscalizatórias empreendidas este ano pela Enel Distribuição Rio, em sua área de concessão que compreende 66 municípios, bateram a incrível marca de 19 toneladas de fios clandestinos de telecomunicações removidos nas cidades atendidas pela distribuidora de energia. Com a ação, a Enel visa reduzir o risco de acidentes, além de diminuir o impacto visual causado pelo excesso de fios. Entre 2022 e 2023, a concessionária triplicou o número de fiscalizações deste tipo.

Pelas Resoluções conjuntas da Aneel/Anatel 001/1999 e 004/2014, as empresas prestadoras de serviços de telecomunicações, com contrato vigente, devem ocupar os postes ordenadamente, em conformidade com as resoluções; seguindo ainda as normas técnicas estabelecidas pela distribuidora local, não podendo usar postes sem o consentimento da Enel, no caso.

Autorizada pela Aneel, a Enel Distribuição Rio conta com autorização para a fiscalização, notificação e remoção dos cabos clandestinos ou que ofereçam risco à população e ao funcionamento do serviço. Pelas regras da Agência, a fiação retirada dos postes deve ser armazenada por 90 dias, à espera de providências das operadoras proprietárias notificadas.

“Postes sobrecarregados prejudicam a qualidade do fornecimento de energia e comprometem a segurança dos clientes. O emaranhado de fios pode causar curtos-circuitos e acidentes. Por isso, realizamos inspeções para identificar empresas que não estejam cumprindo as normas e notificamos para que regularizem seus ativos”, esclareceu Paulo Eugenio Monteiro, responsável pela área de Serviços Avançados de Rede da Enel Distribuição Rio.

Advertisement

Denúncias sobre fiação irregular, dúvidas e demais solicitações podem ser feitas pelo 0800 72 71 196, ou pelo e-mail atendimento.nas@enel.com.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Enel remove 19 toneladas de fios clandestinos de postes localizadas nas áreas da sua concessão no Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui