Entenda as mudanças no embarque e desembarque das estações de BRT do Mato Alto e Pingo D’Água

As antigas estruturas das duas estações serão transformadas em terminais e a previsão para o término das obras é abril de 2024

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Estação Mato Alto do BRT do Rio de Janeiro - Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

A Companhia Municipal de Transportes Coletivos (Mobi-Rio) emitiu um comunicado informando a alteração de embarque e desembarque de passageiros dos serviços dos articulados e “diretões” nas estações de BRT do Mato Alto e Pingo D’Água, na Zona Oeste do Rio, a partir desta sexta-feira (23/06).

Com a demolição das antigas estações, que serão transformadas em terminais, dentro do programa de requalificação do sistema, a Mobi-Rio construiu estações provisórias para atender os usuários do corredor Transoeste. Todos os locais estarão devidamente sinalizados e haverá funcionários da empresa orientando o acesso dos passageiros.

No Mato Alto, sentido Alvorada, os serviços 10 (Alvorada x Santa Cruz – expresso), 11N (Alvorada x Santa Cruz – parador), 12 (Alvorada x Pingo D’Água – expresso), 13 (Alvorada x Mato Alto – expresso), 19 (Salvador Allende x Pingo D’Água – expresso), 20 (Salvador Allende x Santa Cruz – expresso) e 25 (Alvorada x Mato Alto parador) vão parar na estrutura provisória montada na área de praça em frente à estação que será demolida. O embarque do “diretão” será em frente a essa estrutura provisória dos articulados.

E para os passageiros sentido Santa Cruz, foi montada uma outra operação de embarque e desembarque para articulados e “diretão” em frente à antiga estação.

Advertisement

No Pingo D´Água, foi construída uma plataforma provisória para atender apenas os serviços 11N (Alvorada x Santa Cruz – parador), 12 (Alvorada x Pingo D’Água – expresso) e 19 (Salvador Allende x Pingo D´Água – expresso) que seguem sentido Alvorada. O embarque do “diretão” no mesmo sentido será na Rua dos Bombeiros.

Já os passageiros que seguem sentido Santa Cruz farão embarque e desembarque na calçada do outro lado da Avenida D. João VI, em frente à estação provisória Pingo D’Água.

E a parada das linhas 10 (Alvorada x Santa Cruz – expresso) e 20 (Salvador Allende x Santa Cruz – expresso) no Pingo D’Água ficará suspensa enquanto durarem as obras do novo terminal.

Os Novos Terminais do BRT Transoeste

A Secretaria Municipal de Infraestrutura trabalha na transformação de quatro estações do corredor Transoeste em terminais, sendo elas Mato Alto, Pingo D´Água, Curral Falso e Magarça. O objetivo é proporcionar mais conforto e segurança aos passageiros que viajam diariamente de BRT pela Zona Oeste. Os investimentos ultrapassam R$ 180 milhões e a previsão para o término das obras é abril de 2024.

As obras preveem, além da expansão das antigas estações, a criação de passarelas de acesso às novas estruturas e aos terminais alimentadores, que farão a integração entre ônibus e vans com vias importantes, como a Estrada de Sepetiba e a Avenida Cesário de Melo. Além disso, os projetos incluem melhorias viárias e de drenagem, que aumentarão a capacidade de escoamento de água e de combate a enchentes em dias de grande volume de chuva.

Na estação do Mato Alto, parte já foi desmontada para a construção da futura estrutura, que será integrada por dois novos terminais de ônibus e vans. E para isso, será construída uma passarela que irá receber usuários tanto de Sepetiba como de Campo Grande. O projeto ainda prevê a construção de dois viadutos, além de retornos para os veículos comuns e um bicicletário com capacidade para 250 vagas.

O novo Terminal

Já no Pingo D’Água, o terminal terá 17 mil metros quadrados (hoje são apenas dois mil metros quadrados) e vai substituir a estação de mesmo nome, com integração entre os ônibus alimentadores e vans oriundos da Estrada da Pedra e da Avenida Dom João VI. Em virtude do alto tráfego de ciclistas na região, um estacionamento exclusivo será implementado nas proximidades, com capacidade para até 600 bicicletas. E a fase de fundação e drenagem já está em fase de conclusão.

Ônibus Novos e Estações Reformadas

A Prefeitura do Rio comprou no ano passado 561 novos ônibus para o sistema. Ao todo, 291 veículos já foram entregues e estão em operação. Os 270 restantes vão chegar entre novembro de 2023 e março de 2024. Os corredores Transolímpica, Transcarioca, Lote Zero (trecho entre os terminais Jardim Oceânico e Alvorada) e a Avenida Cesário de Melo já operam com a nova frota.

Além disso, 118 estações do sistema já foram reformadas. E entre as melhorias realizadas estão a substituição dos painéis e portas de vidro por chapas de aço vazadas, fiação embutida e mecanismos das portas blindados. Também foram executados os serviços de pintura interna e externa, novas instalações elétricas e reforço na iluminação.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Entenda as mudanças no embarque e desembarque das estações de BRT do Mato Alto e Pingo D’Água
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui