Escola Carolina Patrício em São Conrado vai virar condomínio residencial de R$ 152 milhões

O encerramento das atividades da escola no final de 2022 ocorreu devido à decisão do proprietário da instituição de centralizar as operações nas unidades da Barra da Tijuca

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Érica Martin/Agência O Dia

Em 2023, os elevados índices de juros conduziram a incorporadora carioca Performance a reduzir seus lançamentos, concentrando-se na comercialização de seu estoque. Já em 2024, a estratégia da empresa visa a inserção de dez empreendimentos residenciais no mercado, a maioria situada na Zona Sul do Rio, totalizando aproximadamente R$ 1 bilhão em Valor Geral de Vendas (VGV). A informação é do Jornal O Globo.

No bairro de São Conrado, ocupando o local que abrigou, por décadas, a renomada escola bilíngue Carolina Patrício haverá um condomínio residenciaç. O encerramento das atividades da escola no final de 2022 ocorreu devido à decisão do Grupo SEB, de Chaim Zaher, proprietário da instituição, que optou por centralizar as operações nas unidades da Barra da Tijuca.

A aquisição do imóvel ocorreu no ano passado, com o lançamento do empreendimento de 59 unidades previsto para maio, estimado em R$ 152 milhões. Carolina Lindner, a Diretora Comercial da Performance, enfatiza que o bairro não experimentava lançamentos há 13 anos.

E além do segmento residencial, a incorporadora está se preparando para iniciar as obras de revitalização do antigo edifício da operadora Oi no bairro do Leblon. O imóvel será transformado em uma torre corporativa por meio de um consórcio envolvendo Performance, SIG e HSI.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Escola Carolina Patrício em São Conrado vai virar condomínio residencial de R$ 152 milhões
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui