Escritora quilombola de Búzios é convidada para palestra em Harvard

Gessiane Nazário será uma das palestrantes do seminário Mellon-Sawyer, que proporcionará discussões sobre o tema “Cidadania afrodescendente: mobilização, contestação e mudança”

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Do Quilombo da Rasa, em Armação dos Búzios, para a Universidade de Harvard, em Cambridge, Estados Unidos. Autora do livro “Revolta do Cachimbo — a luta pela terra no Quilombo da Caveira”, publicado pela Sophia Editora, Gessiane Nazário será uma das palestrantes do seminário Mellon-Sawyer, que proporcionará discussões sobre o tema “Cidadania afrodescendente: mobilização, contestação e mudança”.

Promovido pelo Instituto de Pesquisa Afro-Latino-Americana no Centro Hutchins para Pesquisa Africana e Afro-Americana, de Harvard, o encontro busca entender a contestação contemporânea sobre cidadania e pertencimento dos afrodescendentes na América Latina, situando as lutas dentro de padrões históricos de longo prazo de construção nacional, estratificação racial e mobilização política. A participação de Gessiane está confirmada para 15 de setembro, data de abertura do evento que segue até abril de 2024.

Gessiane teve seu primeiro contato com o Instituto de Pesquisas Afro-Latino-Americanas em 2018, quando selecionada para participar de um workshop de teses. No mesmo ano, junto com outros educadores de todo o Brasil – sob articulação de uma das fundadoras da Coordenação Nacional das Comunidades Quilombolas (CONAQ), Givânia Silva –, a pesquisadora participou da criação do Coletivo de Educação da CONAQ, cujo objetivo é discutir e incidir politicamente as pautas ligadas à educação quilombola em todo o território nacional.

O convite para integrar o Mellon-Sawyer chegou em julho deste ano. Vou palestrar representando o coletivo de Educação da CONAQ. Minha fala será em torno da construção do Movimento Quilombola e suas contribuições para a garantia de direitos das pessoas quilombolas no Brasil, bem como o papel da Educação nesse processo“, disse Gessiane.

Advertisement

Além de Gessiane, o painel de introdução também terá participação de Juliet Hooker, da Universidade Brown (Rhode Island, EUA); do pastor Elias Murillo, do Fórum Permanente da ONU sobre Pessoas de Descendência Africana; e de Tianna Paschel, da Universidade da Califórnia em Berkeley (EUA), com moderação de Yanilda González, da Universidade de Harvard/ALARI.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Escritora quilombola de Búzios é convidada para palestra em Harvard
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Escritora quilombola de Búzios é convidada para palestra em Harvard
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui