Espetáculo “Mulheres com Chifres Correndo” fica em cartaz até domingo, na Tijuca

Em cena, Dandara Ferreira, bailarina, atriz e coreógrafa negra, interpreta uma mulher preta que se descobre deusa

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Luisa Bungner

O espetáculo “Mulheres com Chifres Correndo” está em cartaz no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, Rua José Higino 115, Tijuca, às 19 horas até o próximo domingo (18/09). A criação é de Cecília Hadassa, diretora criativa e conta com Priscila Manfredini, como diretora de produção.

Em cena, Dandara Ferreira, bailarina, atriz e coreógrafa negra, interpreta uma mulher preta que se descobre deusa. O projeto surgiu em meio a pandemia de Covid-19 e se tornou realidade graças ao edital de Fomento à Cultura Carioca (FOCA), da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.           

“A ideia do espetáculo surge a partir do interesse das três em trabalhar juntas e sobre a vontade da gente celebrar esse corpo, o corpo preto. A gente entende esse corpo que é um corpo natureza, que tem essa força ancestral, essa força da natureza mesmo e contar uma história de encontros, reencontros, uma história de renascimento, de empoderamento também”, diz Dandara Ferreira.

A apresentação é um espetáculo de dança contemporânea, uma peça cíclica sobre afetos, conexão com a natureza e consigo mesma, é sobre celebração.

Advertisement

Leia também

Políticos têm dificuldades para confiar em Eduardo Paes – Bastidores do Rio

Rio terá megaferiado em novembro devido à reunião do G20; confira datas

O Centro Coreográfico é o coração da dança carioca, um lugar de encontros e partilhas, que se alegra por estrear o “Mulheres com Chifres Correndo”. Uma vez que a obra é uma homenagem à própria história coreográfica da companhia de dança, o relato de uma mulher preta que celebra sua existência, sua ancestralidade e sua experiência de metamorfose com o invisível em meio à dureza material extrema que estamos vivenciando.

Estar aqui no Centro Coreográfico é essencial para gente voltar a ocupar a cidade com arte, ainda mais estando em um lugar público, em um lugar que é referência de dança aqui no Rio de Janeiro e que sofreu todas as ameaças para parar de existir”, declara Cecília Hadassa sobre a importância do Centro.

Priscila Manfredini conta que o espaço tem salas para aulas práticas, videoteca, acervo de livros e imagens e oficinas gratuitas, e completa “Eu acho importante a gente fomentar esse lugar, trazer pessoas para conhecer, porque acaba que como é um espaço muito voltado para dança, o grande público não conhece, não tem acesso”.

Os ingressos tem preço popular, no valor de R$ 20 reais e estão sendo vendidos na plataforma sympla .

SERVIÇO:

Espetáculo Mulheres com Chifres Correndo

Datas: 16/09, 17/09 e 18/09

Endereço: Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro (Rua José Higino 115, Tijuca)

Ingresso: R$ 20

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Espetáculo “Mulheres com Chifres Correndo” fica em cartaz até domingo, na Tijuca

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Espetáculo “Mulheres com Chifres Correndo” fica em cartaz até domingo, na Tijuca
Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui