Espetáculo no Theatro Municipal do Rio celebra os 25 anos da Rede Faetec

Gratuito e aberto ao público, o evento encantou os presentes com apresentações de música e dança

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Para celebrar o aniversário de 25 anos da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), foi realizado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, terça-feira à noite (11/10), o Concerto Jubileu de Prata. Fizeram parte da comemoração integrantes da Companhia de Atores Bailarinos Adolpho Bloch e do Centro Cultural da Escola Técnica Estadual Henrique Lage, além de alunos com deficiência intelectual do Centro de Apoio à Educação Profissionalizante (Caep) Favo de Mel. Gratuito e aberto ao público, o evento encantou os presentes com apresentações de música e dança.

A Banda Sinfônica e Coro da Faetec Marechal Hermes, formada por estudantes da fundação, tocaram o tema de Game of Thrones, Festival Prelude e Marcha Triunfal, da Ópera Aída, dentre outras canções, sob regência dos maestros Lélio Alves, David Pereira e Oswaldo Carvalho. Já o coral foi regido pela maestrina Cristina Salles e contou com o acompanhamento do pianista Rogério Duarte.

A Companhia de Atores Bailarinos Adolpho Bloch, com a direção de Rosane Campello e Luciana Carnout, exibiu a cena “Axé Mix – 23 anos de história” ao som de Axé for Concert Band. A apresentação animou mais ainda a plateia e contou, por meio da dança, a trajetória da companhia oriunda da Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch, unidade da Faetec no Maracanã. 

E já que um dos objetivos da Rede Faetec é promover a inclusão social, alunos da Caep Favo de Mel (escola especializada em profissionalizar jovens com deficiência intelectual) marcaram presença e deram um show à parte, sambando ao lado da porta-bandeira Selminha Sorriso, ícone da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis.

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

Dança, teatro e expressão corporal

Buscando também a inclusão, a Escola Técnica Estadual Henrique Lage, por meio do seu centro cultural, desenvolve um trabalho que envolve dança, teatro e expressão corporal, onde pessoas em cadeiras de rodas são incentivadas a participarem do curso de preparação corporal de atores. Os alunos fizeram uma performance de dança com cadeirantes durante a execução de Aquarela do Brasil. A professora Soyane Vargas ficou emocionada ao ver seus alunos no palco. A Faetec é um órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Espetáculo no Theatro Municipal do Rio celebra os 25 anos da Rede Faetec

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui