Espetáculos vencedores do Prêmio Funarj de Dança 2022 terão apresentações inéditas em dezembro no Rio

Serão três projetos inéditos e originais de dança, com temáticas livres, de grupos, companhias e artistas do Estado do Rio, selecionados e premiados no concurso. As apresentações irão acontecer nos Teatros João Caetano e Armando Gonzaga

Imagem ilustrativa - CC0 Domínio público

O público do Rio de Janeiro será contemplado, no mês de dezembro, com espetáculos de dança inéditos através do Prêmio Funarj de Dança 2022, concedido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Funarj – Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro. “Água Mole em Pedra Dura”, “Chico, Canto e Corpo” e “Dança Frágil” são três dos doze projetos inéditos e originais de dança, com temáticas livres, de grupos, companhias e artistas do Estado do Rio, selecionados e premiados no concurso. As apresentações, que irão acontecer nos Teatros João Caetano e Armando Gonzaga, serão um brinde à arte, à cultura e um verdadeiro presente para os apreciadores e apaixonados por dança.

Produzido pela Piquet Cultural, “Água Mole em Pedra Dura” tem a proposta de criar diálogos poéticos sobre a cena preta como lugar de resistência com gestos e danças que buscam restaurar o encantamento do mundo favorecendo a constituição de saberes pretos como modalidades críticas ao racismo. Em cena: 6 artistas, todos(as) bailarinos(as) cariocas pretos(as). As apresentações irão acontecer nos dias 3 de dezembro, às18h, no Teatro João Caetano, e 13 de dezembro, às 20h, no Teatro Armando Gonzaga.

Realizado pela Companhia Dança 3/Andrea Raw, “Chico,Canto e Corpo” trará à cena algumas das eternas canções do cantor, compositor, dramaturgo e escritor Chico Buarque de Hollanda em uma respiração própria: o corpo e a dança. As coreografias, que levam a assinatura da dançarina e coreógrafa Andrea Raw, exploram alguns temas marcantes do repertório do artista. Os espetáculos estão marcados para 8 de dezembro, às 19h, no Teatro João Caetano, e 14 de dezembro, às 19h, no Teatro Armando Gonzaga.

“Dança Frágil”, a mais nova obra da Companhia Híbrida, propõe o público a pensar sobre temas como moda e descartabilidade e questiona os caminhos de criação e transmissão de dança no mundo de hoje. A direção artística do espetáculo é de Renato Cruz, diretor da Cia Híbrida. As apresentações serão no dia 10 de dezembro, às 18h, no Teatro João Caetano, e no dia 20 de dezembro, às 20h, no Teatro Armando Gonzaga.

Serviço:

“ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA”

Dança

Data: 3/12 (sábado)

Horário: 18h

Local: Teatro João Caetano – Praça Tiradentes, s/n – Centro, Rio de Janeiro

Classificação Etária: 12 anos

Preços: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)

Data: 13/12 (terça-feira)

Horário: 20h

Local: Teatro Armando Gonzaga – Av. General Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes, Rio de Janeiro

Classificação Etária: 12 anos

Entrada gratuita

“CHICO, CANTO E CORPO”

Dança

Data: 8/12 (quinta-feira)

Horário: 19h

Local: Teatro João Caetano – Praça Tiradentes, s/n – Centro, Rio de Janeiro

Classificação Etária: Livre

Preços: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)

Data: 14/12 (quarta-feira)

Horário: 20h

Local: Teatro Armando Gonzaga – Av. General Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes, Rio de Janeiro

Classificação Etária: Livre

Preços: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)

“DANÇA FRÁGIL”

Dança

Data: 10/12 (sábado)

Horário: 18h

Local: Teatro João Caetano – Praça Tiradentes, s/n – Centro, Rio de Janeiro

Classificação Etária: 16 anos

Preços: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Data: 20/12 (terça-feira)

Horário: 20h

Local: Teatro Armando Gonzaga – Av. General Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes, Rio de Janeiro

Classificação Etária: Livre

Preços: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui