Estado do Rio encerrou 2023 com menor número de mortes violentas em 34 anos

Além disso, número de fuzis apreendidos pelas polícias no ano passado é o maior dos últimos 16 anos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O Rio de Janeiro encerrou o ano de 2023 com números positivos para a segurança pública estadual. Os crimes contra a vida, ou Letalidade Violenta, alcançaram quedas históricas no ano, com o menor número de mortes desde o início da série histórica do Instituto de Segurança Pública (ISP), em 1991. O indicador, que engloba homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo seguido de morte e morte por intervenção por agente do Estado, registrou uma redução de 5% entre janeiro a dezembro de 2023, quando comparado com o mesmo período do ano anterior. É importante destacar também a queda significativa das mortes por intervenção de agente do Estado nesse período – foram 461 mortes a menos, ou uma diminuição de 35% em relação ao ano anterior.

A produtividade policial das forças de segurança estaduais também conquistou resultados positivos no ano passado. O número de fuzis retirados das mãos de criminosos aumentou 28%, alcançando a impressionante marca de 610 armas de longo alcance recolhidas, o maior número dos últimos 16 anos. No mesmo período, 6.281 armas de fogo foram apreendidas no estado do Rio de Janeiro, cerca de 16 por dia. Além disso, as polícias Civil e Militar realizaram 36.952 prisões em flagrante no ano e recuperaram, no mesmo período, 14.675 veículos roubados.

Os crimes contra o patrimônio também fecharam o ano de 2023 com dados positivos. Os roubos de carga caíram 24%. Foram 3.225 casos, 1.004 roubos a menos quando comparado com 2022. Este foi o menor número de casos para o ano desde 2011. Já os roubos de rua (roubo de aparelho celular, roubo a transeunte e roubo em coletivo) reduziram 17%, registrando o menor número de casos desde 2004, e os roubos de veículos diminuíram 12%, quando comparado com o mesmo período do ano passado – foi o menor número de casos para o ano desde 2012.

Confira os principais indicadores:

Advertisement

Leia também

Progressistas dividido entre Bolsonarismo, Eduardo Paes e Marcelo Queiroz – Bastidores do Rio

Custas judiciais aumentaram 45% no estado do Rio de Janeiro nos últimos dois anos

Letalidade violenta: 4.257 mortes em 2023 e 337 em dezembro de 2023. Na comparação com dezembro de 2022, o indicador registrou redução de 3%. No acumulado do ano, a diminuição foi de 5%. Foi o menor número de mortes para o acumulado desde o início da série histórica, em 1991.

Morte por intervenção de agente do Estado: 869 mortes em 2023 e 53 em dezembro de 2023. Na comparação com dezembro de 2022, o indicador registrou redução de 46%. No acumulado do ano, a diminuição foi 35%. Estes foram os menores números para o mês e para o acumulado desde 2015.

Roubo de rua: 51.689 casos em 2023 e 4.069 em dezembro de 2023. Na comparação com dezembro de 2022, o indicador registrou redução de 17%. No acumulado do ano, a diminuição foi de 17%. Estes foram os menores números de casos para o mês e para o acumulado desde 2004.

Roubo de carga: 3.225 casos em 2023 e 244 em dezembro de 2023. Na comparação com dezembro de 2022, o indicador registrou redução de 50%. No acumulado do ano, a diminuição foi de 24%. Estes foram os menores números de casos para o mês desde 2011 e para o acumulado desde 1999.

Roubo de veículo: 22.250 casos em 2023 e 1.672 em dezembro de 2023. Na comparação com dezembro de 2023, o indicador registrou redução de 25%. No acumulado do ano, a diminuição foi de 12%. Estes foram os menores números de casos para o mês desde 2011 e para o acumulado desde 2012.

Armas apreendidas: 6.281 apreensões em 2023. Por dia, foram 16 armas retiradas de circulação.

Fuzis apreendidos: 610 apreensões em 2023. Na comparação com 2022, o indicador registrou aumento de 28%. Em média, foram dois fuzis apreendidos por dia.

Prisão em flagrante: 36.952 prisões em 2023. Na comparação com 2022, o indicador registrou aumento de 8%. Por dia, as polícias civil e militar prenderam cerca de 94 pessoas em flagrante.

Recuperação de veículos: 14.675 veículos recuperados em 2023. Na comparação com 2022, o indicador registrou aumento de 11%.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Estado do Rio encerrou 2023 com menor número de mortes violentas em 34 anos

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui