Estado do Rio registra queda no número de inadimplentes

Rio de Janeiro segue liderando ranking de consumidores negativados. Informação é da edição mais recente do Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas da Serasa

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto de RDNE Stock project: https://www.pexels.com/pt-br/foto/contabilidade-banco-margem-ribanceira-7821685/

O número de pessoas em situação de inadimplência no Estado do Rio de Janeiro diminuiu em novembro em relação ao mês anterior, caindo de 53,53% para 53,17% da população adulta. Foi uma redução de 44.859, totalizando 7.299.680 de inadimplentes no Estado. O dado é da edição mais recente do Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas da Serasa, que reúne informações de novembro.

O valor total das dívidas é de R$ 38,7 bilhões, uma média de R$5,3 mil por inadimplente. A maior parte delas é referente a pendências com Bancos e Cartões (31,98%). Em seguida, aparecem segmentos como Utilities (contas de gás, água e luz), com 29,84% e Financeiras (17,29%).

Entre as faixas etárias, os maiores inadimplentes fluminenses têm entre 41 e 60 anos (35,3%), seguidos pela população entre 26 e 40 anos (30,9%) e por pessoas com mais de 60 anos (23,7%).

No cenário nacional, o número de pessoas com pendências financeiras no país diminuiu, após três meses de crescimento consecutivos. 71,81 milhões de consumidores do país (43,82% da população) fecharam o mês de novembro com pendências financeiras – redução de 143,5 mil pessoas (0,12%) em relação a outubro.

Advertisement

A Serasa conta com uma série de programas desenvolvidos com o intuito de contribuir para a queda da inadimplência. No início do mês, por exemplo, a empresa lançou a Fase 2 do Feirão Serasa Limpa Nome. Nela, 600 companhias parceiras oferecem descontos especiais para que os consumidores quitem suas dívidas até 22 de dezembro.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Estado do Rio registra queda no número de inadimplentes
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui