Estoque de leite materno do município do Rio está em 3%

Capacidade de armazenamento do município é de 4 mil litros, mas atualmente o estoque conta com apenas 108 litros de leite materno disponível

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio


O suprimento de leite materno para bebês que enfrentam a escassez desse alimento essencial no Rio de Janeiro está em um nível muito baixo. De acordo com a prefeitura, o banco de leite do município está operando com apenas 3% de sua capacidade. Na semana passada, a Prefeitura do Rio inaugurou um banco de leite no Hospital da Mulher Mariska Ribeiro, em Bangu, Zona Oeste. Com essa adição, a capacidade de armazenamento do município aumentou para 4 mil litros.

No entanto, atualmente, o estoque conta com apenas 108 litros de leite materno disponível. Aumentar o banco de leite municipal é uma prioridade para o secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz. O secretário convocou as mães interessadas em doar leite materno a procurarem as maternidades do município.

O leite materno é de extrema importância para o desenvolvimento saudável de recém-nascidos, mas nem todas as mães conseguem amamentar seus filhos. As razões para a falta de produção de leite são diversas, incluindo estresse emocional e problemas hormonais.

No Rio, as doações de leite podem ser feitas em maternidades municipais e postos de coleta presentes nas unidades da Atenção Primária, como centros municipais de saúde e clínicas da família. O leite passa por um processo rigoroso de controle de qualidade para garantir a disponibilização adequada, de acordo com as necessidades nutricionais de cada criança internada, com certificação de qualidade.

Advertisement

Também é possível ajudar doando potes de vidro com tampa para o armazenamento do leite. Para encontrar o banco de leite ou ponto de coleta mais próximo da sua residência, clique aqui.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Estoque de leite materno do município do Rio está em 3%
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui