Evento de Capoeira agita o Rio de Janeiro

Com cobertura especial da TATAME - que realizou uma transmissão no YouTube - e lutas de alto nível

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Salão nobre das lutas no Rio de Janeiro, o Tijuca Tênis Clube recebeu, no último sábado (4), a abertura do “Volta do Mundo Seletivas”, evento de Capoeira que deu a largada à temporada 2023 e qualificou os atletas para o aguardado “Volta do Mundo – Bambas 3”, previsto para acontecer no meio do ano.

Com cobertura especial da TATAME – que realizou uma transmissão no YouTube – e lutas de alto nível, a seletiva consagrou como campeões o Mestre Topeira (jogo casado), Espoletinha (juvenil feminino), Yann (juvenil masculino), Kitana (profissional feminino) e Budião (profissional masculino), este o grande destaque do show.

O VMB e o VMS, vale citar, chegam com o DNA de competições planejadamente estruturadas para fazer do Volta do Mundo a principal marca nacional da Capoeira e dar ao capoeirista a notoriedade já percebida nos atletas das demais modalidades de artes marciais. O VMB 3 terá ainda qualificatórias nas regiões Nordeste e Sul do país até o evento principal.

Diretor-executivo da organização, além de capoeirista há 31 anos, Saverio Scarpati celebrou o sucesso da seletiva no Tijuca Tênis Clube e projetou os próximos passos para o restante do ano de 2023.

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

“Esse foi o nosso quinto evento no geral e abriu a temporada de uma forma incrível positivamente. A gente esperava uma evolução técnica e de preparação física dos atletas, principalmente no masculino profissional, só que eles superaram totalmente a nossa expectativa. A galera chegou muito bem preparada e quem acompanhou viu um verdadeiro show de Capoeira”, disse Scarpati, que completou:

“Estamos com as próximas seletivas já agendadas, a seguir na região Sul do país e em breve divulgaremos as datas. A Capoeira é muito forte no Sul, com grandes escolas, então esperamos mais um espetáculo, já projetando o Volta do Mundo Bambas 3, no meio do ano, e que terá uma disputa de cinturão inédita”.

Ainda segundo Scarpati, o grande objetivo do Volta do Mundo – que teve apoio da Secretaria de Esportes do Estado do Rio de Janeiro e a presença de Rafael Picciane – é fazer com que a Capoeira, expressão cultural afro-brasileira que mistura arte marcial, dança e música, passe a ser vista também com outros olhos: “A gente consegue perceber que o evento cresce a cada edição. Temos uma proposta única, inovadora, e que visa mostrar para o grande público o que é a Capoeira como esporte profissional”.

Campeões consagrados

A seletiva de sábado contou com algumas novidades, como o primeiro jogo casado da história do evento, que inaugurou a categoria master – para atletas com 40 anos ou mais – e teve a vitória do Mestre Topeira sobre o Mestre Cocoroca. No juvenil, Espoletinha e Yann ficaram com os títulos no feminino e masculino, respectivamente.

Já no adulto, que credenciou os campeões a participar do VMB 3, Kitana derrotou Cachinho na final, enquanto Budião venceu Nunes. Ambos ainda faturaram um prêmio de R$ 1,500,00. Animado com a oportunidade, Budião fez questão de exaltar o evento:

“Gostaria de agradecer a todos que fizeram esse show ser possível, à minha equipe, mestres e aos fãs que acompanharam, que gostam da Capoeira e acreditam nesse projeto. É um evento de alto nível, com grandes capoeiristas, e fazer parte disso é gratificante demais. O Volta do Mundo é algo ímpar para a Capoeira”, encerrou Saverio.

RESULTADOS:

Jogo casado
Campeão – Mestre Topeira | Denis Cardoso dos Reis
Vice – Mestre Cocoroca | Márcio Henrique de Oliveira Barbosa

Juvenil feminino
1ª – Espoletinha | Mara Beatriz Silva de Souza
2ª – Dengosa | Giovanna Reis Goiabeira

Juvenil masculino
1º – Yann | Yann Silva da Costa
2º – Mamute | Domingos Rafael dos Santos da Conceição
3º – Torresmo | João Victor Ribeiro Raimundo
4º – Dudu | José Eduardo Silva de Sousa Mendes

Profissional feminino
1ª – Kitana | Julyana Ohana Pacheco Chuab
2ª – Cachinho | Karen dos Santos Laurentino Vieira
3ª – Mel | Natália da Silva Oliveira
4ª – Gata | Janaely Alves Farias

Profissional masculino
1º – Budião | Rhullyt Azevedo
2º – Nunes | Paulo Ferreira da Silva
3º – Lek | Fernando Marques da Silva
4º – Bentivi | Wandeson Cleiton Silva

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Evento de Capoeira agita o Rio de Janeiro

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui