Evento na UFRJ, em comemoração ao Bicentenário da Independência, debate o papel da universidade no progresso do país

A inscrição é gratuita e aberta ao público, com encontros presenciais e on-line

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução/Google Maps

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) realiza, nos dias 15, 20 e 21 de setembro, o evento “Bicentenário da Independência e os rumos do Brasil”, no campus Praia Vermelha, na Urca. A inscrição é gratuita e aberta ao público, com encontros presenciais e on-line.

O objeto é estimular o pensamento crítico sobre as vulnerabilidades que permanecem ao longo desses dois séculos e discutir o papel da universidade como peça fundamental para que o país alcance a soberania alimentar, tecnológica, ambiental e territorial.

Em um contexto no qual as universidades e o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia enfrentam a maior crise de sua existência, o evento busca fortalecer e incentivar processos para produção de conhecimento e inovação se tornam indispensáveis para o desenvolvimento sustentável. Para Luis Fernandes, coordenador da Área de Ciência Política e Relações Internacionais da CAPES e organizador do evento, a ideia é celebrar o passado, analisar o presente e projetar o futuro, atualizando o compromisso da universidade com a sociedade brasileira, no apoio à sua capacidade de desenvolvimento autônomo.

“São muitos os desafios para o desenvolvimento do Brasil. Apontar as vulnerabilidades e pensar formas de alcançar a soberania é um dever da universidade, pois entendemos que esse é um dos nossos papéis. Com apoio da ciência e da tecnologia, podemos ser protagonistas e superar diversos entraves que dificultam o crescimento e a real independência do país”, explica Luis.

Advertisement

Leia também

Estrangeiros LGBTQIA+ estão comprando todos novos imóveis de Ipanema – Bastidores do Rio

TransBrasil inicia operações neste sábado, da Penha ao Terminal Gentileza

Questões prioritárias, que ameaçam o progresso serão discutidas de forma ampla, com um time de especialistas nos diversos campos do saber, divididos em oito mesas-redondas ao longo dos dias de evento, que jogarão luz sobre as vulnerabilidades que atravancam da soberania energética à independência das mulheres.

A mesa que abre o evento, no dia 15/09, será presencial, no auditório Pedro Calmon, no campus Praia Vermelha, e discutirá o papel da universidade no desenvolvimento e na construção da independência do Brasil. Um time de debatedores – entre eles a reitora da UFRJ, Denise Carvalho, o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, Renato Janine, a presidente da Academia Brasileira de Ciências, Helena Nader, o presidente da Faperj, Jerson Lima, e a reitora da UFSB, Joana Angélica – vai discutir o protagonismo das universidades na geração de riquezas e conhecimento científico para a sociedade.

Nas demais mesas, que ocorrem virtualmente nos dias 20/09 e 21/09, especialistas vão debater os impasses que impedem o progresso nacional, abordando questões climáticas, sanitárias e tecnológicas, desenvolvimento sustentável, e o olhar do mercado internacional para o atual momento do país.

As inscrições para o evento podem ser feitas no site . 

Dia 15 de setembro (presencial)

Às 16h: Conferência Convergências, Atividades Infraestruturadas e Múltiplas Ontologias: o fluxo das tecnologias do futuro

Participante: professor Alessandro Mongili (Universidade de Padova, Itália)

Às 18h: Mesa Abertura: O Papel da Universidade na (Re)construção da Independência do Brasil

Participantes: Denise Carvalho (reitora UFRJ), Renato Janine (SBPC), Helena Nader (ABC) e Jerson Lima (FAPERJ) e Joana Angélica (Reitora UFSB)

Dia 20 de setembro (on-line)

Às 10h: Mesa 1 – Desafios da Soberania Energética
Participantes: Guilherme Estrela, Maurício Tolmasquim, Clarice Ferraz e Aquilino Senra

Às 14h: Mesa 2 – Desafios da Soberania Sanitária

Participantes: Lígia Bahia, José Gomes Temporão, Paulo Gadelha e Gulnar Azevedo

Às 16h: Mesa 3 – Desafios da Soberania Alimentar

Participantes: Renato Maluf, Tereza Campelo

Dia 21 de setembro (on-line)

Às 10h: Mesa 4 – Desafios da Soberania Tecnológica

Participantes: Luciano Coutinho, Fernando Peregrino, Carlos Gadelha e Luis Fernandes

Às 14h: Mesa 5 – Desafios para a Soberania Territorial e para a Projeção Internacional do Brasil

Participantes – José Luiz Fiori, Francisco Carlos Teixeira da Silva e Darc Costa

Às 16h: Mesa 6 – Desafios para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia

Participantes: Ênio Candoti, Carlos Nobre, Esther Bemerguy, João Pacheco de Oliveira

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Evento na UFRJ, em comemoração ao Bicentenário da Independência, debate o papel da universidade no progresso do país

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui