Everton Gomes – Mercadinho São José: ícone de Laranjeiras, alma carioca

Colunista do DIÁRIO DO RIO fala sobre o Mercado São José das Artes, em Laranjeiras

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução Facebook

O Mercado São José das Artes, em Laranjeiras, tem muita história pra contar e décadas de uma caminhada de valorização da nossa cultura e da nossa gastronomia. Fechado desde setembro de 2018, por obra de quem não teve sensibilidade com as dezenas de trabalhadores do local que perderam seus empregos e com os micro e pequeno empresários que ali trabalhavam, o Mercadinho São José, como é carinhosamente chamado pelos moradores da região, está em vias de voltar a funcionar.

Explico: o imóvel pertence ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que pediu a reintegração de posse no final de 2018 e, sob Bolsonaro, manteve a construção em estado de completo abandono. Há reboco caindo sobre as calçadas, vegetação na fachada e até mesmo uma tentativa de invasão por pessoas em situação de rua, sem que qualquer providência fosse tomada, à época, pelo Governo Federal.

Mas o jogo virou, e com a posse de Lula na presidência da República e do ministro Carlos Lupi no Ministério da Previdência Social, ao qual o INSS está vinculado, foram abertos importantes canais de diálogo. Nós, sabedores da sensibilidade do prefeito Eduardo Paes para a questão, atuamos como mediadores de uma solução efetiva para o problema, após quase cinco anos de promessas vazias de autoridades de antigos governos. Já em nosso primeiro mês de gestão, em fevereiro, levamos o prefeito Eduardo Paes, o ministro Lupi e o presidente do INSS, Glauco Wamburg, para uma inspeção do nercadinho, momento em que foi assinado um protocolo de intenções para a compra do pólo gastronômico e cultural pela Prefeitura do Rio. O local tem imenso potencial para geração de trabalho e renda em nossa cidade.

O que semeamos em fevereiro, começa a ser colhido agora. A Prefeitura do Rio acaba de lançar chamamento público para interessados em revitalizar e gerir o querido Mercadinho São José, que deverá ser mantido com suas finalidades históricas: gastronômicas e culturais. Ou seja, será reaberto e não há risco de desvirtuação de seus propósitos. Os interessados, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas, têm até 13 de junho para apresentar as propostas econômicas e conceituais para participar do projeto, por intermédio do e-mail: cpl@ccpar.com.br. Diálogo entre as instituições municipais e federais, como não havia há anos, efetividade nas ações e compromisso com os trabalhadores: foi conversando com sensibilidade com todos os envolvidos que chegamos a uma solução. Logo logo, estaremos juntos brindando à reabertura do Mercadinho São José e melhorando a cada dia nossas nossos índices de empregabilidade em serviços!

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Everton Gomes - Mercadinho São José: ícone de Laranjeiras, alma carioca

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui