Exportações do Rio de Janeiro cresceram 32,7% em março

O resultado é superior ao registrado em fevereiro deste ano e ficou próximo do recorde mensal alcançado em novembro do ano passado

Vista aérea da orla do bairro da Barra da Tijuca • Foto: Rafa Pereira, Diário do Rio

As exportações do Estado do Rio de Janeiro cresceram 32,7% em março, somando US$ 4,9 bilhões no mês. O resultado é superior ao registrado em fevereiro deste ano (US$ 1,61 bilhão) e ficou próximo do recorde mensal alcançado em novembro do ano passado, quando as exportações fluminenses alcançaram US$ 5,1 bilhões.

As informações são do Comex Stat, sistema para consultas e extração de dados do comércio exterior brasileiro, do Ministério da Economia. Nos primeiros três meses do ano, o Rio de Janeiro respondeu por 13,64% das exportações, ocupando a segunda posição no ranking das exportações nacionais.

“O saldo positivo é decorrente das exportações do petróleo, que movimentaram US$ 4 bilhões no mês de março, e do volume comercializado pela indústria de transformação do estado (US$ 874 milhões)“, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Vinicius Farah.

De acordo com os dados do Governo Federal, as importações do estado, em março, somaram US$ 2,1 bilhões, volume 9,1% abaixo do registrado em fevereiro (US$ 1,69 bilhões). No ano passado, as exportações do estado somaram US$ 44,3 bilhões, um aumento de 33,1% comparado com 2021. O melhor resultado desde 2011 (US$ 27,7 bilhões).

Esses dados são mais uma comprovação do dinamismo da nossa economia, da crescente competitividade e da importância que o Rio de Janeiro voltou a ter no comércio internacional. E representam mais empregos e renda gerados para a população do Estado do Rio“, disse o governador Cláudio Castro.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui