Exposição em homenagem ao artista Moraes Moreira chega ao Museu Histórico da Cidade

A exposição, que estreia neste domingo (10/12), oferece uma imersão sensorial na história da música popular e da cultura brasileira por meio da vida e obra de um dos artistas mais relevantes do país

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

A exposição “Mancha de Dendê Não Sai – Moraes Moreira” desembarca no Rio de Janeiro, neste domingo (10/12), para uma temporada no Museu Histórico da Cidade (MHC), na Gávea, na Zona Sul do Rio, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura. A mostra, viabilizada pelo Ministério da Cultura e pelo Instituto Cultural Vale através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, é realizada pela Maré Produções, de Salvador, onde estreiou e atraiu 25 mil visitantes.

A exposição oferece uma imersão sensorial na história da música popular e da cultura brasileira por meio da vida e obra de um dos artistas mais relevantes do país. Na mostra, com uma abordagem abrangente, destaca-se a versatilidade de Moraes Moreira como compositor, suas parcerias musicais, incursões na literatura e suas profundas raízes na Bahia.

A experiência sonora na exposição permite explorar a diversidade musical do Brasil através das canções do artista, reconhecido por mesclar ritmos como frevo, baião, rock, samba, choro e música erudita em suas composições. E além disso, são destacadas suas colaborações musicais com seu filho Davi Moraes e incursões no campo da literatura, como cordelista e cronista de histórias da Bahia.

No dia de abertura, ao meio-dia, haverá o lançamento oficial da exposição, acompanhado pela Feira de Economia Criativa do MHC e um show do cantor Pedro Miranda, com a participação de Davi Moraes. A mostra, intitulada “Mancha de Dendê Não Sai” foi concebida pela produtora cultural Fernanda Bezerra com curadoria e direção artística de Renata Mota.

Advertisement

Leia também

‘Guadalupe’, ‘Lobo Júnior’, ‘Fiocruz’ e mais: confira os nomes das 20 estações do BRT Transbrasil

Dengue: Ministério da Saúde envia 1º lote de vacinas enquanto RJ intensifica medidas de combate

“Moraes Moreira, um representante importante da música regional, é um verdadeiro ícone da cultura brasileira, com uma carreira multifacetada que abraça diversas formas de expressão artística. Sua produção artística foi intensa e significativa.” ressaltou Fernanda.

A exposição estará em cartaz até 12 de fevereiro, com entrada gratuita de terça a domingo, das 9h às 17h, com classificação livre. Em meio a esse período, o setor educativo do MHC promoverá oficinas e visitas mediadas, oferecendo um programa educativo pensado especialmente para a exposição.

Serviço:

  • Local: Museu Histórico da Cidade – Est. Santa Marina s/n, Gávea.
  • Abertura: Domingo – 10/12 – a partir de 12h
  • Visitação: De Terça-Feira a Domingo – das 9h às 17h
  • Entrada Gratuita e Classificação Livre
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Exposição em homenagem ao artista Moraes Moreira chega ao Museu Histórico da Cidade

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Exposição em homenagem ao artista Moraes Moreira chega ao Museu Histórico da Cidade
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui