Fã morre após passar mal em show de Taylor Swift

Ana Benevides teve uma parada cardiorrespiratória, foram feitas manobras de reanimação, mas ela não resistiu

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma fã morreu antes do show da cantora Taylor Swift, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (17/11). A jovem foi identificada como Ana Clara Benevides Machado, tinha 23 anos, estudava psicologia e morava em Rondonópolis, em Mato Grosso, mas era de Sonora, em Mato Grosso do Sul. Segundo a Prefeitura do Rio, Ana teve uma parada cardiorrespiratória.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que Ana chegou ao Hospital Municipal Salgado Filho, às 20h50, “em parada cardiorrespiratória”, que foram feitas manobras de reanimação, mas, que infelizmente, ela não resistiu.

Taylor está no Brasil para uma série de seis shows pela “The Eras Tour”. A apresentação desta sexta-feira, no Rio, foi a primeira. Diversos fãs passaram mal durante o show por causa do calor. De acordo com espectadores, a TF4, organizadora da turnê, proibiu garrafas de qualquer tipo no Estádio Nilton Santos, e não havia bebedouros. Taylor chegou a interromper a apresentação e pediu que entregassem água aos fãs.

O ministro da Justiça, Flávio Dino, determinou medidas imediatas sobre a falta de água potável.

Advertisement

O prefeito Eduardo Paes também destacou medidas necessárias:

A TF4 divulgou a seguinte nota:

É com muita tristeza que informamos o falecimento de Ana Clara Benevides Machado, 23 anos. Na noite de ontem [sexta, 17], Ana Clara se sentiu mal e foi prontamente atendida pela equipe de brigadistas e paramédicos, sendo encaminhada ao posto médico do Estádio Nilton Santos para o protocolo de primeiros socorros. Diante do quadro, a equipe médica optou pela transferência ao Hospital Salgado Filho, onde, após quase uma hora de atendimento emergencial, infelizmente veio a óbito. Aos familiares e amigos de Ana Clara Benevides Machado nossos sinceros sentimentos”.

A cantora Taylor Swift também comentou o ocorrido:

“Não acredito que estou escrevendo essas palavras, mas é com o coração partido que digo que perdemos um fã hoje à noite, antes do meu show. Eu nem posso dizer para vocês o quanto eu estou arrasada por causa disso. Eu tenho poucas informações, além de que ela era incrivelmente bonita e muito jovem.

Eu não vou ser capaz de falar sobre isso do palco, porque me sinto dominada pela dor quanto tento falar sobre isso. Quero dizer que agora sinto profundamente essa perda e meu coração partido está com sua família e amigos. Esta é a última coisa que eu nunca pensei que aconteceria quando nós decidimos trazer essa turnê ao Brasil.”

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Fã morre após passar mal em show de Taylor Swift
Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. E o capitalismo? Vai muito bem, obrigado.

    A TF4, produtora do evento, teve um lucro de 93%. Ela proibiu a entrada de água no estádio, obrigando 60 mil pessoas a ter única opção a compra de um copo d’água a R$ 8,00 dentro do estádio. Além disso, tapou as laterais do estádio para quem fosse de fora não visse nada dentro, reduzindo também a circulação de ar e vento.

    Eu AMO o capitalismo.

    Pagando bons advogados e tendo a sorte de encontrar um juiz decente, a família da menina que morreu pode processar a empresa por homicídio culposo.

    No mais, estima-se que o show da Taylor Swift injetou mais de 190 milhões de reais na cidade.

    Capitalismo S2

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui