Fábio Queiróz – Redução do uso de sacolas plásticas: Um apelo ambiental urgente

A Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ) apoia o uso de alternativas mais responsáveis em relação ao meio ambiente, como ecobags e até caixas de papelão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A recente tragédia causada pelas fortes chuvas no Rio de Janeiro, que resultou na perda de 11 vidas humanas e extensos danos materiais, ressalta a urgência de abordar questões ambientais. Entre as diversas práticas que contribuem para esses desastres, o uso excessivo de sacolas plásticas e o descarte irresponsável em qualquer lugar emergem como problemas críticos, afetando rios, córregos, lagoas e toda a estrutura de escoamento das águas da chuva. A Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ) apoia o uso de alternativas mais responsáveis em relação ao meio ambiente, como ecobags e até caixas de papelão.

O papel das sacolas plásticas na degradação do meio ambiente é vasto. Esses itens de uso diário são frequentemente descartados de maneira inadequada, acabando em rios, oceanos e áreas urbanas. A poluição causada por essas sacolas plásticas é uma ameaça direta à biodiversidade, representando perigos para animais aquáticos e terrestres, que confundem muitas vezes os resíduos plásticos com alimentos.

Além disso, a produção de sacolas plásticas consome recursos não renováveis e contribui para a emissão de gases de efeito estufa. A decomposição lenta do plástico agrava ainda mais o problema, criando resíduos que vão persistir por séculos.

A ASSERJ defende a necessidade de adotar práticas mais sustentáveis, e, em 2019, criou o movimento “Desplastifique Já!”. Já nos dois primeiros meses de campanha foi possível sentir a adesão da população e uma pesquisa no setor identificou que 70% dos consumidores pesquisados já não usam sacolas plásticas. É um percentual representativo, mas é preciso fazer mais. A substituição das sacolas plásticas por opções reutilizáveis é um passo significativo na direção certa, reduzindo a pegada de carbono e diminuindo a poluição plástica.

Advertisement

Leia também

Estrangeiros LGBTQIA+ estão comprando todos novos imóveis de Ipanema – Bastidores do Rio

TransBrasil inicia operações neste sábado, da Penha ao Terminal Gentileza

A tragédia no Rio de Janeiro destaca a conexão intrínseca entre práticas cotidianas, como o uso de sacolas plásticas, e os desastres ambientais que enfrentamos. A mudança de hábitos é imperativa, e a transição para alternativas sustentáveis, como as ecobags, é um passo crucial na direção de um futuro mais verde e resiliente. Ao adotarmos essas práticas, podemos contribuir para a preservação do meio ambiente e para a prevenção de tragédias semelhantes no futuro. A hora de agir é agora.

Fábio Queiróz é Embaixador da Sustentabilidade do Rio de Janeiro, presidente da Associação de Supermercados dos Estado do Rio de Janeiro e vice-presidente da Associação Latino Americana de Supermercados.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Fábio Queiróz - Redução do uso de sacolas plásticas: Um apelo ambiental urgente

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui