Feira de Acari é proibida pela Prefeitura do Rio

Decreto foi publicado nesta terça (23/01) em Diário Oficial; documento cita necessidade de ordenamento e combate à venda irregular de produtos como fatores para a decisão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Feira de Acari, na Zona Norte do Rio de Janeiro - Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

A Prefeitura do Rio de Janeiro proibiu o funcionamento da Feira de Acari, na Zona Norte da capital fluminense. A decisão foi publicada em Diário Oficial nesta terça-feira (23/01).

No decreto, assinado pelo prefeito Eduardo Paes, determina-se que a feira não seja realizada em nenhum dia. Como justificativa para a decisão, o Poder Executivo carioca cita a necessidade de ordenar e desobstruir a região, além do combate a eventos ilegais – sem autorização municipal -, à venda de produtos sem procedência e ao crime organizado.

O documento cita também que relatórios elaborados pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop). Eles apontam que a feira é ligada a grupos envolvidos com crimes como tráfico de drogas, roubo de cargas, furto de energia e contrabando.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Feira de Acari é proibida pela Prefeitura do Rio

Advertisement

Leia também

Progressistas dividido entre Bolsonarismo, Eduardo Paes e Marcelo Queiroz – Bastidores do Rio

Custas judiciais aumentaram 45% no estado do Rio de Janeiro nos últimos dois anos

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. A prefeitura não manda nem no Hospital Ronaldo Gazolla em Acari. Deveria era tomar vergonha na cara. E ainda quer vir como governador um prefeito desse. Hospital não tem uma viatura da polícia militar e atende sim PAF. Sem gerar ocorrência policial. Traficantes entram e sai do hospital pra fazerem consultas médicas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui