Feira de São Cristóvão retorna ao Parque Bondinho Pão de Açúcar para celebrar São João

Um dos principais atrativos turísticos do Rio de Janeiro recebe atrações em nova edição do Arraiá do Morro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O Parque Bondinho Pão de Açúcar terá apresentações do maior São João do Rio de Janeiro no Morro da Urca. Ao longo do mês de junho, cariocas e turistas contarão com mais uma edição do Arraiá do Morro, em parceria com a Feira de São Cristóvão. O evento terá uma série de atrações que incluem apresentações musicais, distribuição de cordéis e um circuito de comidas típicas nos restaurantes e bares do parque.

Vamos abrir o mês de junho com muita felicidade. A Feira de São Cristóvão é um parceiro muito querido do Parque, que representa a cultura nordestina na nossa cidade. Esta nova edição do Arraiá do Morro promete surpreender nossos visitantes, que terão a oportunidade de ver de perto apresentações típicas de festa junina em uma das vistas mais incríveis do Rio de Janeiro”, afirma Gustavo Maciel, gerente geral do Parque Bondinho Pão de Açúcar.

Para o presidente da Comissão de Feirantes da Feira de São Cristóvão, Luiz Carlos dos Santos, a parceria com o Parque Bondinho é uma excelente oportunidade de promover a cultura nordestina na cidade.

“Levar o São João da Feira de São Cristóvão para o Parque Bondinho é uma iniciativa maravilhosa. Estamos levando o maior São João do Rio para um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Estamos felizes em poder compartilhar nossa cultura com cariocas e turistas”, diz Luiz Carlos.

Advertisement

No período, cariocas e turistas também poderão ter acesso à programação fixa do Parque, que inclui o Sunset no Parque, com o DJ Tommax, roda de samba no Brewteco, com o Música Lá em Cima, e apresentação do Violúdico para os pequenos, no Altas Aventuras. E tudo isso em clima de Arraiá!

Arraiá no Parque Bondinho
Data
: 06, 13, 20 e 27/06

Sunset no Parque especial Junino – 14:30h às 18:30h
Data: 08, 09, 15, 16, 22, 23, 29 e 30/06

Apresentação da Quadrilha Gonzagão com a Feira de São Cristóvão – 13h às 17h

Distribuição de Cordéis com Maria Bonita e Lampião – 13h às 17h

Maça do Amor: pegue a sua!* – 14h às 16h – *Quantidade limitada.
Data: 08, 15, 22 e 29/06

Música Lá em Cima especial Trio de Forró- 13h às 17h
Data: 08 e 09/06

Dupla de Repentistas com a Feira de São Cristóvão- 13h às 17h

Programação fixa do Parque do Bondinho
Data: 07, 08, 14, 15, 21, 22, 28 e 29/06

Sunset no Parque com DJ Tommax – 14:30hàs 18:30h
Data: 09, 16 e 23 e 30/06
Música Lá em Cima com Roda de Samba no Brewteco- 15h às 18h30
Data: 09, 16 e 23 e 30/06

Altas Aventuras com Violúdico- 10h às 14h

Serviço – Parque Bondinho Pão de Açúcar
Endereço: Av. Pasteur, 520 – Urca
Horário de funcionamento:
De segunda a quinta das 9h às 20h, com entrada de visitantes até as 18h30
De sexta a domingo, das 8h às 21h, com entrada de visitantes até as 19h30

Valor dos ingressos:
Bilhete Bondinho: R$ 185,00 (inteira) / R$ 92,00 (meia)
Bilhete Bondinho Promo Brasil: R$ 150,00 Bilhete Carioca Maravilha*: R$ 80,00 (adulto)
Bilhete Carioca Maravilha Criança: R$ 40,00 (3 a 12 anos)
Bilhete Acesso Rápido: R$ 285,00 (inteira) / R$ 142,00 (meia)

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Feira de São Cristóvão retorna ao Parque Bondinho Pão de Açúcar para celebrar São João
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Feira de São Cristóvão retorna ao Parque Bondinho Pão de Açúcar para celebrar São João
Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Com toda sinceridade, túdo bem quê o Rio dê janeiro é a cidade mais cosmopolita do Brasil, mais também é á quê mais se abre pára culturas dê fora em detrimento dás culturas nativas, coisas quê nenhum estado brasileiro faz, além dás esculturas e nomes dê Ruas e logradouros públicos, nenhuma cultura quê não seja a carioca,pode se sobrepor a nossa cultura,um tremendo defeito cultural quê só o Rio dê janeiro prática, coisas quê não são cariocas, deveriam ser enaltecidos pôr seus estados dê origens, e não pelo Rio dê janeiro, quê daqui a pouco perderemos nossas indentidades cariocas e teremos outras culturas em profusão no Rio dê janeiro, não conheço nenhum estado brasileiro quê faz tantas graças pára os forasteiros como o Rio dê janeiro, acho quê cada um deveria difundir suas culturas em seus locais dê origens, talvez estejamos sendo administrados pôr muita gente dê outros lugares, quê queiram ou não estão deletando ás nossas indentidades cariocas e culturais, e o pior é quê ás coisas vão se alastrando quê daqui a pouco irão dizer quê o Rio dê janeiro, não é mais carioca, já não foi o suficiente termos perdidos a capital dá república,e perder o título dê cidade maravilhosa e seus nativos dê cariocas, aí é demais,

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui