Felipe Lucena: Aos bolsonaristas que estão nas estradas, dedico uma música: ‘Tá na hora do Jair, já ir embora’

De acordo com o autor do artigo de opinião, não faz sentido se manifestar por suposições sem nenhuma prova de fraude nas eleições

Pelo menos para grande parte da população brasileira, uma das músicas do verão desse ano vai ser “Tá na Hora do Jair Já Ir Embora”, de Tiago Doidão e Juliano Maderada, que foi a canção “mais viral” do Spotify brasileiro em 2022. E sim, apesar do clima seguir chuvoso e até frio no Rio de Janeiro, vamos ter a estação mais quente do ano. Os poderosos podem matar vários dias de sol, mas jamais conseguirão deter o verão carioca. Dedico a composição aos bolsonaristas que seguem nas estradas de todo o Brasil. Já passou da hora de desocuparem as vias e pararem de atrapalhar a vida dos outros e o desenvolvimento do país.

É claro que manifestações são válidas e necessárias em uma democracia, mas precisam ter motivos para tal e não podem atrapalhar os direitos de outras pessoas. Se for somente choro de derrotado, melhor chorar em casa. Na cama, que é lugar quente. Ou numa praça, ou algo do tipo, com seu grupinho e ninguém sendo prejudicado por isso. Sem comprovar fraudes na eleição de 2022, não faz sentido esse monte de badernas em estradas, ruas e avenidas que já estão causando problemas econômicos e sociais em todo o Brasil.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), os bloqueios realizados por bolsonaristas devem causar prejuízos ao comércio e as perdas podem superar as de 2018, quando caminhoneiros fecharam diversas estradas por dez dias em protestos pelo aumento dos combustíveis.

“O movimento pode ocasionar perdas superiores às registradas por ação similar em 2018, que causou retração de 5,8% no volume de vendas, com perda diária de R$ 1,8 bilhão. O custo total para o varejo, em valores atuais, foi de R$ 18 bilhões, contabilizados ao longo dos 10 dias de bloqueios em 2018”, afirmou a CNC, em nota.

Quando falo em motivos para manifestações, eles precisam ser do mundo real. Não da terra plana. Não vale prisão imaginária do ministro Alexandre de Moraes ou atropelamento de ciclista simulado, como vimos em vídeos constrangedores que circulam na Internet.

Para os que estão pedindo intervenção militar, cuidado com a delicadeza das forças de segurança no ordenamento de protestos. Estudantes, professores e movimentos sociais conhecem bem esses métodos. Aos que estão luto após a derrota nas eleições do último domingo, recomendo que aproveitem o dia de finados, neste 02/11, e pensem em quem perdeu gente próxima na pandemia de Covid-19 enquanto o presidente dizia que não era coveiro.

O mesmo presidente que demorou três dias para condenar, de fato, esses atos de seus eleitores fanáticos. Durante seu pronunciamento atrasado e precoce, Bolsonaro disse: “Os atuais movimentos populares são fruto de indignação e sentimento de injustiça de como se deu o processo eleitoral“. Depois, falou que manifestações pacíficas são bem-vindas e que a esquerda quem faz atos radicais. Somente na quarta-feira, à noite, ele falou que a atitude de quem estava nas estradas não estava correta.

No mais, apreciem a música de Tiago Doidão e Juliano Maderada: Tá na hora do Jair/Tá na hora do Jair/Vai! Já ir embora/Arruma a suas malas/Dá no pé e vá-se embora/Vá-se embora, vá-se embora/Dá no pé e vá-se embora/Vá-se embora, vá-se embora (tchau).

Este é um artigo de Opinião e não reflete, necessariamente, a opinião do DIÁRIO DO RIO.

Advertisement

7 COMENTÁRIOS

  1. Felipe, nunca vi, e nem ouvi falar de vc! Q. Deus me proteja para que eu não tenha nenhum parentesco com vc. Vc é absurdamente demente. Não sabe o que fala. Se informe mais! Não saia por aí vomitando suas neuroses.

  2. Desmerecimento da reivindicação que está sendo feita. Se é o despeito sobre a comparação de tratamento entre movimento popular e os de estudantes, professores e movimentos sociais como citado, sinto muito, mas essa turma sempre faz as reclamações no padrão sanduba-busão-cache. Chato é ir por conta própria, certo? Cada turma no seu lugar.

  3. Felipe, isso é o MELHOR que você pode escrever? Agora é hora de você se alegrar – tome seu tempo. Mas no decorrer do vindouro governo Loola, muita decepção virá: não vai conseguir cumprir as promessas que fez e você irá se tocar (embora eu duvide que você virá aqui para demonstrar isso). Enfim, essa gente aí da foto já sabe de antemão dessa obviedade que é a zebra que será o próximo governo. E não precisa ser gênio pra saber não, hein!!!

    Temos 72 horas de Loola eleito, ele nem assumiu e já está falando em R$ 200 bi de déficit no governo e moeda única com Argentina.

  4. Provas é o que mais tem. O pior será o Brasil ser governado por um condenado e presidiário e sua quadrilha. Vidente que previu acidente de Cristiano Araújo afirma que Lula corre risco de sofrer atent4d0 antes da posse…Ver mais Do jeito que o povo da direita está com ódio mortal ?, é melhor tomar cuidado mesmo, que Deus o proteja??? O problema não é o povo da direita e sim os próprios discípulos do partido PT e PC. do B. Esses sim estão usando a figura mística do “velho” coitado. Que Deus tenha piedade.

  5. Felipe , sua opinião é idiota e mostra que você não entende nada de política e da vida.
    O simples fato de termos um presidente corrupto, condenado, não inocentado , não ter cumprido a pena de prisão razoável pelos crimes cometidos com proteção de um grupo de consórcios ativistas , de vários setores , interessados em obterem lucros , diversos, já autoriza qualquer manifestação. Sobretudo se o Luladrão venceu com 0,9 % , com dúvidas persistentes de fraudes eleitorais, nas urnas, eleitores fantasmas, entre outras coisas.
    Não conheço seu passado , mas prevejo um futuro profissional desastroso.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui