O atual presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, surge como um dos possíveis nomes para concorrer a governador do Rio de Janeiro em 2022, a informação é de Guilherme Amado/Época. Santa Cruz estaria recebendo incentivo de diferentes partidos.

Filho de um desaparecido político, Fernando Santa Cruz, durante o período dos governos militares, Felipe tem sido um forte opositor ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que chegou a falar sobre Fernando o seguinte: “Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade“. E para o presidente, ele teria sido supostamente assassinado por integrantes da Ação Popular (AP) — grupo de esquerda que atuava contra o regime militar.

Entre outros embates, como com o então ministro da Justiça. Sérgio Moro, que recusava-se a recebe-lo, pois ele seria um militante, a frase veio depois do presidente da OAB ter dito que quem apoia Bolsonaro tem “desvio de caráter” e sobre ser militante disse: “Sou militante, mesmo. Sou militante de Direitos Humanos, das causas das mulheres, dos negros, e tenho muito orgulho disso. Por isso, eles não gostam de mim. Não deixarei de ser militante dessas causas, não sou obrigado. Esse é o papel da OAB“.

Nessa terça-feira, 29/12, outro embate, entre vários, desta vez Santa Cruz diz que processará Eduardo Bolsonaro (PSL), com ação penal e indenizatória, após o filho do presidente ter usado as redes sociais para atacar Felipe, mais uma vez, dizendo que a a OAB entrou com mandado de segurança para obrigar a Secretaria de Cultura a “liberar, de uma vez R$ 1,2 bilhão” em projetos da Lei Rouanet, porquê a esposa de Santa Cruz seria uma das beneficiadas. Só que a peça não está na lista, foi inscrita em 2018 e nunca fez a captação.

Caso aceite ser candidato a governador, não será a primeira disputa dele na política partidária. Em 2004 foi candidato a vereador do Rio de Janeiro pelo PT, quando tinha 32 anos, e obteve 3.187 votos. Ainda de acordo com Amado, o mandato de Santa Cruz na OAB vai até o começo de 2022, e ele tem se desviado de todas as sondagens.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui