Feriadões deste ano devem movimentar mais de R$ 2 bilhões na cidade do Rio

Ao todo, serão oito datas comemorativas nacionais que devem atrair turistas para a cidade

Vista aérea da orla do bairro da Barra da Tijuca • Foto: Rafa Pereira, Diário do Rio

O Rio de Janeiro pode comemorar o calendário cheio de feriados nacionais prolongados em 2023. O Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB/Visit.Rio) estima que a cidade movimente aproximadamente R$ 2,3 bilhões nas oito datas comemorativas que ocorrem este ano. 

Dos oito feriados, dois deles caem às segundas-feiras (Dia do Trabalho e Natal) e dois às sextas-feiras (Sexta-feira da Paixão e Tiradentes). São os feriados de três noites. De acordo com a Rio CVB/Visit.Rio, cada uma dessas datas comemorativas impacta positivamente a economia da cidade em R$ 250 milhões. Os outros quatro (Corpus Christi, Independência, Nossa Senhora Aparecida e Finados) serão às quintas-feiras. Neste caso, a fundação projeta movimento de R$ 333,3 milhões.

Para o presidente-executivo da entidade, Carlos Werneck, é esperado que os feriadões deem continuidade ao movimento turístico típico da alta temporada do verão carioca, que termina em abril.

Vamos sair da alta temporada com um calendário cheio de feriados ao longo de todo o ano. Isso é extremamente positivo para o setor, que mantém uma estabilidade de demanda. Ganha não apenas o turismo, mas toda a cidade“, avalia Werneck.

O cálculo leva em conta o gasto médio, per capita, com despesas de hospedagem, alimentação, transporte, compras pessoais e atividades turísticas, considerando uma ocupação de 80% na rede hoteleira da cidade. 

A projeção do Rio CVB/Visit.Rio aponta ainda um recolhimento de R$ 104 milhões em Imposto sobre Serviços (ISS) apenas nesses feriadões. Cada feriado de três dias, calcula a entidade, pode gerar receita de ISS na ordem de R$ 12,5 milhões. Em quatro noites, a previsão de arrecadação passa para R$ 16,6 milhões.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui