Olha, minha opinião sobre este assunto é: Fala sério!!! O Potosí acha que futebol é coisa de moleque…

Via Gazeta Esportiva.

Ferido, Potosí não quer jogar no Rio

Ao ser informado de que o Flamengo não quer mais jogar na altitude, o Real Potosí decidiu entrar no jogo. Nesta sexta-feira, o dirigente Ângelo Pórcel declarou que o time boliviano não aceitará disputar a partida contra o Rubro-negro no Rio de Janeiro por causa dos fatores climáticos e ambientais da Cidade Maravilhosa.

“Pediremos para não jogar no calor porque, para nós, os mosquitos e a umidade são insuportáveis”, comentou Pórcel ao jornal La Razón. “Isso nos afeta quando saímos da nossa altitude”, prosseguiu.

O dirigente ainda falou que se sente bem vivendo na cidade de Potosí, localizada 4 mil metros acima do nível do mar. “Quando se sai de um clima em que se está habituado, não se pode dizer que é mais complicado subir ou descer. Vivo feliz aqui. Não gosto do calor, e é por isso que não vivo em Santa Cruz (de la Sierra, com altitude zero), mas nunca nos recusamos a jogar por lá. Futebol é universal, não discriminatório”.

Quem também questiona a atitude do Flamengo é a imprensa boliviana, que comentou o fato de o Paraná bater o Cobreloa por 2 a 0 no Deserto de Calama e não reclamar dos mais de 2 mil metros acima do mar.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui