Festival levará grandes nomes do Rap para palcos espalhados pela Lapa

Festival com programação gratuita e a preços populares acontecerá no dia 16/04 e contará com alguns dos maiores nomes da cena nacional, em quatro palcos espalhados pela região

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Drik Barbosa | Foto: Bruno Gomes

BK, Marcelo D2, Cynthia Luz, MV Bill, Drik Barbosa, BNegão, o duo Abronca e outros importantes nomes do Rap brasileiro vão ocupar diferentes palcos no bairro da Lapa, na Zona Central do Rio de Janeiro, para shows gratuitos ou a preços acessíveis, durante o festival Lapa pela Lapa, que acontecerá no dia 16 de abril. Além das performances musicais, o evento promoverá debates acerca de temas relacionados à música, carreira e direitos autorais, com profissionais de cada área.

Um dia inteiro com diversas apresentações musicais concomitantes e muita troca de conteúdo, abrigadas em um dos bairros mais tradicionais da cidade maravilhosa, é o que propõe o festival, que contará com atividades que se iniciam às 14h e vão até as 23h. Serão cinco palcos/espaços na região:  Espaço UBC –  Arco Íris, Palco Bud – Fundição Progresso, Palco Arcos – Arcos da Lapa,  Espaço Virgin Music Brasil e Casa Salve Lapa.

“O projeto Lapa pela Lapa foi criado com a intenção de valorizar o Rio de Janeiro e, por consequência, um dos bairros mais tradicionais da cidade. Nossa inspiração nasceu a partir de festivais norte-americanos que utilizam as estruturas das cidades para entregar uma rica programação aos presentes. Acreditamos que eventos como esses movimentam bastante o mercado local e empreendedores, além de valorizar artistas e criar experiências únicas para o público. A Bud acreditou e apostou em nosso projeto e estamos muito felizes em poder proporcioná-lo aos cariocas e a todos que quiserem participar. Nesta primeira edição, optamos por fazer com artistas da cena do Rap nacional, dando luz à cultura urbana que aflora por todo o Brasil”, declara Mateus Simões, sócio-diretor da Agência Olga.  

O palco nos Arcos da Lapa receberá shows gratuitos de MV Bill com a rapper e irmã Kmila CDD, BNegão, Drik Barbosa, Lourena e Felipe Flip, a partir das 15 horas. Nos intervalos, DJs do movimento Ademafia assumem com muito Hip-Hop. O coletivo também estará à frente do som nos intervalos do Palco Bud – Fundição Progresso, que contará com shows de Marcelo D2, BK, Cynthia Luz, Gavi e o duo Abronca, formado pelas rappers My e Jay, a partir das 16h30, e terá ingressos populares. O evento irá destinar 10% do lucro e todas as doações de alimentos dos ingressos sociais para a Associação São Martinho, localizada na Lapa.

Advertisement

Leia também

Esgarçamento da polarização direita e esquerda pode afetar eleição carioca?

Aterro Restaurado e o Fim do Pulinho de São Conrado

A Fundição ainda abrigará o Espaço Virgin Music Brasil, que proporcionará shows gratuitos de novos talentos da cena do Rap, como PK freestyle, Ramonzin, Young Mafia e Juju Rude (que se apresenta com o Bloco Afroreggae). Nos intervalos, o público poderá desfrutar de todo o balanço do DJ Marcelinho da Lua. A programação terá início às 15h30.

Arco-Íris, casa que existe há mais de meio século na Lapa, receberá o Espaço UBC, com encontros gratuitos de diferentes profissionais da música, que vão debater, a partir das 14h, sobre quatro assuntos principais: Novas tendências da cena da música urbana; Mulheres na música urbana; Direito autoral: da execução pública ao digital; e Planejamento de carreira. A curadoria é do rapper Marcão Baixada, agitador cultural de destaque na região da Baixada Fluminense, premiado em eventos como o Take Back the Mic, em Miami, e outros. 

Os debates acerca da participação das mulheres na música urbana vêm de encontro à proposta do Lapa pela Lapa em proporcionar uma maior equidade de gênero no line-up. O evento traz uma grande representatividade feminina entre as atrações. O Lapa pela Lapa também contará com programação no Centro Cultural Tá na Rua, do grupo homônimo dirigido por Amir Haddad, que contará com diversas atividades e manifestações de artistas do bairro, organizadas pela associação Salve Lapa, como Roda Cultural KGL, show com MC Funkero e Live Paint com Minero Tattoo.

Com apresentação e patrocínio master de Budweiser e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, através da Lei de Incentivo à Cultura, o festival Lapa pela Lapa é uma idealização da agência OLGA e realização em sociedade com as agências V3A e SRCOM. O festival conta com a parceria da UBC – União Brasileira de Compositores, do Selina, da Rádio Mix, da Mobees, da Virgin Music Brasil e da associação Salve Lapa.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Festival levará grandes nomes do Rap para palcos espalhados pela Lapa

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Festival levará grandes nomes do Rap para palcos espalhados pela Lapa
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui