Filhote de tamanduá-bandeira nascido no BioParque do Rio pode ganhar nome em votação popular

A filhote de tamanduá-bandeira, com pouco mais de um mês de vida, receberá um nome por meio de uma votação no perfil do Parque no Instagram

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Isadora Ortiz/ BioParque do Rio

O nascimento do primeiro filhote de tamanduá-bandeira desde a inauguração do BioParque do Rio está movimentando as redes sociais. É uma fêmea pertencente a uma espécie ameaçada de extinção. Ela chegou ao mundo no mês passado, no dia 3 de novembro, e já está disponível para ser admirada pelos visitantes do zoológico.

E assim como os outros animais, o nome da filhote será decidido através de uma votação popular realizada por meio do Instagram do Parque. Na última terça-feira (05/12) foram divulgadas quatro opções: “Maria Cupim”, “Terra”, “Vênus” e “Formiga”.

Os interessados em participar podem acessar a publicação e comentar qual é a sua preferência. O período de votação se estenderá até quinta-feira (07/12).

Esta pequena tamanduá faz parte de uma espécie considerada vulnerável, inclusa na lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN). O BioParque do Rio ressalta que os tamanduás-bandeira provavelmente já estão extintos em todo o Estado do Rio de Janeiro.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Ciro Cruvinel, veterinário e gerente técnico do BioParque do Rio, destacou a importância da reprodução de animais em cuidados humanos para a preservação dessas espécies fora de seus habitats naturais. Ele expressou otimismo com o nascimento, considerando que, de acordo com a IUCN, a espécie está em estado vulnerável na natureza.

A filhote de tamanduá-bandeira, com pouco mais de um mês de vida, está atualmente no recinto Cerrado, recebendo todos os cuidados necessários de sua mãe, chamada Gaia.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Filhote de tamanduá-bandeira nascido no BioParque do Rio pode ganhar nome em votação popular

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui