Fim da confusão! Lei aprovada determina indicação correta de andares em elevadores do Rio

Modelo antigo adotado nas botoeiras obrigava elevadores a terem painéis apenas com números, conforme regras da ABNT, o que confundia moradores, visitantes e entregadores

Painel de elevador no Rio com normas da ABNT (Foto: Reprodução Redes Sociais)


O prefeito Eduardo Paes sancionou, nesta quinta-feira (12/01), a Lei 7.761/2023, para excluir do cumprimento das normas da ABNT as botoeiras dos elevadores. A proposta altera a Lei 2.743/1999 para permitir que os prédios possam colocar, no painel de botões, indicativo de qual pavimento o número ou letra efetivamente correspondem. O objetivo é facilitar a vida de moradores, visitantes e entregadores de mercadorias.

É muito comum digitarmos um número do painel do elevador de um prédio e ele não corresponder ao pavimento que esperamos. Isso ocorre em função de uma norma da ABNT, que determina que as botoeiras dos elevadores informem apenas o número, sem que se possa dizer a que andar, de fato, ele corresponde”, explica o presidente da Câmara do Rio, vereador Carlo Caiado (PSD), um dos autores da lei. Segundo o parlamentar, isso acaba criando uma confusão desnecessária, pois diversos edifícios, por exemplo, possuem garagem nos primeiros andares.

“Essa exigência dos elevadores era uma distorção que causava muita confusão e transtornos. Não fazia sentido. Quando o vereador Carlo Caiado surgiu com a ideia eu apoiei e, felizmente, conseguimos aprovar.” diz, o vereador Pedro Duarte (Novo), que também assina a matéria juntamente com o ex-vereador Chagas Bola (União).

O empresário Patrick Gradel, diretor executivo à frente da empresa Engearq, especializada na construção e revitalização de edifícios, acredita que a norma irá favorecer todos que precisam acessar os prédios, e que os proprietários terão que fazer pequenos ajustes para se adequar à medida.

“Essa lei veio para facilitar o usuário. Como toda lei, ela vai passar por um período de adaptação. As pessoas que estão acostumadas a acessar edifícios estão acostumadas a apertar o número 1 e entrar no primeiro pavimento de apartamentos ou de salas. Isso pode haver uma confusão inicial, mas eu acredito que seja uma mudança que venha para agregar e facilitar a vida de todos. Vão mudar cartões de visitas, detalhes em endereços, vão mudar botoeiras e, talvez, tenha que haver, como já existe hoje, alguns destaques nos andares de acesso. Nos nossos empreendimentos, os quais a gente administra e constrói, possivelmente a gente vai colocar um destaque nos botões que indicam pavimentos de acesso, ou até cobertura, como se fazem nos hotéis”.   

Morador do Méier, Yago Felício trabalha como entregador em um aplicativo de refeições, ele espera que a mudança na lei possa contribuir na rotina dos profissionais do setor.

Certamente vamos ganhar tempo e poder agilizar as entregas. Esses elevadores são verdadeiras dores de cabeça. E nem todo cliente tem o cuidado de avisar o entregador. Ficamos muitas vezes perdidos dentro do prédio. Espero que possam colocar em prática o quanto antes”, afirmou.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui