Fiocruz inaugura centro de tratamento para pessoas com sequelas da Covid-19

O espaço foi aberto com o objetivo de compreender o impacto da Covid Longa na população brasileira e ampliar o acesso aos serviços de reabilitação no Sistema Único de Saúde (SUS)

Espaço contém infraestrutura necessária para que o Centro realize pesquisa multidisciplinar, bem como o tratamento e a reabilitação de pessoas com sequelas da Covid-19 (foto: INI/Fiocruz)

A Fiocruz inaugurou, nesta quinta-feira (11/5), o Centro de Covid Longa, em Manguinhos, na Zona Norte do Rio. O local, que faz parte do programa Unidos Contra a Covid-19, abrigará um espaço de pesquisa multidisciplinar, assim como um centro de tratamento e reabilitação de pessoas com sequelas da Covid-19.

A inciativa, realizada em parceria com o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), também inclui o projeto Recover Pós-Covid: monitoramento, avaliação multidisciplinar e reabilitação de indivíduos com afecções pós-covid-19. O objetivo é compreender qual o impacto da Covid Longa na população brasileira e ampliar o acesso aos serviços de reabilitação no Sistema Único de Saúde (SUS).

“O trabalho conjunto e sinérgico de pesquisadores da Fiocruz de diferentes áreas, propiciado pelo financiamento para o centro, acelera o desenvolvimento do conhecimento científico sobre o impacto da doença na população brasileira e a experiência estimula a realização de projetos colaborativos, em outras áreas”, afirma a diretora do INI/Fiocruz, Valdiléa Veloso.

A infraestrutura de suporte em equipamentos de biossegurança e de preparação de amostras clínicas também foi reforçada, para suprir o aumento de demanda decorrente da pandemia.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui