Flordelis é condenada a 50 anos de prisão pela morte do pastor Anderson do Carmo

Ex-deputada foi condenada por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio duplamente qualificado, uso de documento falso e associação criminosa armada

Foto: Brunno Dantas/TJRJ

Neste domingo (13/11), a ex-deputada Flordelis foi condenada a 50 anos e 28 dias pelo homicídio do pastor Anderson do Carmo, morto em junho de 2019. Ela foi condenada por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio duplamente qualificado, além uso de documento falso e associação criminosa armada.

Além dela, Simone dos Santos Rodrigues, filha biológica de Flordelis, foi condenada a 31 anos e 4 meses de prisão por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio duplamente qualificado e associação criminosa armada.

Flordelis e Simone ouviram a sentença de dentro de uma salinha no próprio plenário, de onde conseguiam ver e ouvir a juíza, mas não podiam ser vistas por outras pessoas que acompanhavam a leitura. O motivo, segundo a defesa, foi que ambas não estavam passando bem.

Rayane dos Santos, neta biológica da ex-deputada e Marzy Teixeira e André Luiz de Oliveira, filhos adotivos de Flordelis, foram inocentados. A decisão foi tomada pela 3ª Vara Criminal de Niterói após sete dias de julgamento em júri popular.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Em 10 anos estará fora da cadeia, por progressão de regime, senão antes, arrumando uma gravidez, afinal, a Justiça é uma mãe e nao deixam filhos de detentas presas junto a elas na cadeia, como uma pena ao pequenos, então solta a mãe antes e vai ainda ter período de amamentação e, talvez, emenda um filho atrás do outro assim garantindo prisão domiciliar e os 10 anos se passam, logo a temporada na cadeia mesmo foi mínima…
    Assim é a Justiça no Brasil

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui