Estou tirando da minha blogroll aqui no https://diariodorio.com o link para o Metroblogging Rio. Acredito que deixar um link para um blog que trata o furto como uma “arte”, como tenta nos passar Letícia Novaes, me faz perder todo o respeito por eles.

A senhor Novaes diz, em tom irônico, que o Brasil não vai para frente por pessoas como ela. Letícia Novaes não sabe, mas ela tem razão, são pessoas que não pensam na sociedade, na Polis, na Urbe, na cidade, no todo, que trazem o Brasil para trás. Todos roubam cone como ela quer passar? Não. Como nem todos ultrapassam sinal vermelho, como nem todos dão o do cafezinho ao PM para se livrar de uma multa, nem todos jogam papel no chão, nem todos são sonegadores de impostos.

Mas, blogueiros do Rio Metroblogging, nem todos fazem isso que falei acima, mas os que fazem usam as mesmas desculpas de Novaes, mas tem gente que mata, rouba em Brasília. E daí? Isso é desculpa para você não fazer a sua parte?

Aquele que ultrapassa o sinal vermelho, as vezes fecha o cruzamento, as vezes causa um acidente bobo, as vezes mata. O que dá dinheiro do cafezinho pro PM, alimenta a corrupção de uma instituição com tantas pessoas boas e, de certa forma, aumenta a criminalidade. Quem joga papel no chão, aumenta os gastos da Prefeitura com Limpeza Urbana, denigre a cidade, diminui o turismo. E quem sonega imposto, tira dinheiro de gente necessitada, faz aumentar a pressão do leão sobre as pessoas honestas. E quem furta um cone? Alimenta a estupidez, faz outras pessoas acreditarem que só por seu menor poder ofensivo não é crime, e gera tudo e mais do que falei.

Honestidade e correição não é qualidade, é só o que se espera de todas as pessoas. Fora Rio Metroblogging.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui