Força Nacional tem permanência no Rio prorrogada pela 3ª vez

Desde outubro passado, 300 agentes patrulham estradas federais do Rio, enfrentando o aumento da violência

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O Ministério da Justiça e Segurança Pública vai permanecer com a Força Nacional no Rio de Janeiro por mais 30 dias, marcando a terceira extensão consecutiva concedida pelo governo federal. Desde sua implantação em outubro do ano passado, cerca de 300 agentes têm patrulhado as estradas federais no estado em resposta ao aumento da violência.

A medida, que tem sido renovada em resposta aos pedidos do governador, visa reforçar a segurança pública do Rio, em meio a um contexto de desafios persistentes. As operações da Força Nacional têm gerado impacto financeiro significativo, custando mais de R$ 10 milhões aos cofres públicos em apenas um mês de atuação, conforme relatórios oficiais.

A prorrogação da presença da Força Nacional foi fundamentada em uma portaria do governo, que destaca o apoio aos órgãos de segurança pública federal e estadual, visando preservar a ordem pública e a segurança das pessoas e do patrimônio. A medida é parte de uma estratégia mais ampla para combater o crime e proteger a população.

O governador Castro anunciou em setembro do ano passado uma “força-tarefa” para o Complexo da Maré e outros pontos da cidade, com a criação de um comitê permanente de inteligência para orientar as ações das polícias. A força-tarefa envolve um esforço conjunto das polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal, Federal e a Força Nacional, formando a Força Integrada de Combate ao Crime (Fico), em busca de resultados eficazes na redução da criminalidade na capital fluminense.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Força Nacional tem permanência no Rio prorrogada pela 3ª vez
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. 10 milhões por mês pra fazer exatamente o que?

    Aliás, alguém lembra de Intervenção Militar do Braga Netto que custou 1bilhão e deixou com legado uma vereadora assinada e o fortalecimento da milícia?

    Alguém se sente mais seguro depois dessas ações extravagantes de segurança pública?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui