Força tarefa interditou sete postos de combustíveis na Região Metropolitana do Rio

Durante a operação, foram fiscalizados municípios da Baixada Fluminense, Niterói, São Gonçalo, além de bairros das Zonas Oeste e Norte do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Nesta quarta feira (13/12), foi encerrada a força tarefa deflagrada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que deu origem a operação “Noel na Bomba” que, além do Procon Estadual do Rio de Janeiro, teve a participação do Instituto Estadual de Pesos e Medidas (IPEM), Instituto Nacional de Metrologia (INMETRO) e Delegacia de Defesa de Serviços Delegados(DDSD). No balanço total, esta operação foi concluída com dez autuações, sete interdições e conduções de responsáveis à delegacia de polícia.

Nesta semana, nos dias 12 e 13, foram fiscalizados postos de combustíveis das Zonas Norte e Oeste do Rio e apenas um dos postos apresentou irregularidade. Este estabelecimento, localizado no bairro da Praça Seca, teve o bico de gasolina interditado, pois apresentou “bomba baixa”, que se dá quando a quantidade abastecida é menor da que a mostrada no visor. Os demais postos fiscalizados nestas regiões, não apresentaram irregularidades. 

Esta força tarefa foi de suma importância para o trabalho em conjunto entre os agentes fiscalizadores, além de coibir qualquer prática abusiva, que infelizmente, ainda é praticada por alguns fornecedores, realizamos orientações aos fornecedores, visando o equilíbrio da relação de consumo, que é o nosso objetivo final“, afirma Cássio Coelho, Presidente do Procon-RJ. 

Durante a operação, foram fiscalizados municípios da Baixada Fluminense, Niterói, São Gonçalo, além de bairros das Zonas Oeste e Norte do Rio.

Advertisement

Foram encontradas irregularidades como a presença de metanol no combustível, substância esta altamente nociva à saúde de consumidores e dos próprios frentistas, combustíveis fora dos padrões exigidos pela agência reguladora, o que pode causar prejuízos mecânicos aos veículos e, consequentemente, prejuízos materiais aos consumidores, postos de combustíveis sem a devida autorização funcionando normalmente, produtos vencidos, “bomba baixa”, publicidade enganosa, entre outros.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Força tarefa interditou sete postos de combustíveis na Região Metropolitana do Rio
Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. CADÊ A LISTA DOS POSTOS???? Uma matéria sobre fraude em postos de combustíveis e não dizer quais são os postos flagrados e autuados é de chorar, perdi tempo, lamentável. Corrijam no texto “postos de combistíveis”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui