Formatura Emociona e Celebra Conquistas de Moradores de Comunidades no Rio de Janeiro

Centro e trinta jovens e adultos, com idades entre 15 e 70 anos, concluem os Ensinos Fundamental e Médio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Museu do Amanhã, localizado na zona portuária do Rio de Janeiro (Foto: Wilton Júnior)

Na próxima terça-feira, dia 21 de novembro, o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, será palco de uma emocionante celebração. Às 19h, 130 estudantes da Escola Fundação Roberto Marinho, provenientes de diversas comunidades cariocas, concluirão uma significativa etapa de suas vidas, recebendo os diplomas de conclusão dos Ensinos Fundamental e Médio.

Entre os formandos, destacam-se jovens e adultos com idades variando dos 15 aos 70 anos, provenientes de locais como Maré, Del Castilho (Jacaré e Jacarezinho), São Gonçalo e Centro (Providência e Gamboa). Muitos desses estudantes, por diversas circunstâncias, encontravam-se em situação de vulnerabilidade e, agora, realizam o sonho de concluir a educação básica.

A cerimônia de formatura contará com a presença especial do Sr. Bira, exemplificando a diversidade de histórias de vida que compõem essa turma. Aos 70 anos, ele receberá seu diploma do ensino médio, inspirando a todos com sua determinação e perseverança.

Os 130 formandos, matriculados nas turmas de 2022, encerrarão um ciclo importante em suas vidas, com 102 alunos concluindo o ensino fundamental e 28 o ensino médio. A solenidade, que terá lugar no Museu do Amanhã, será enriquecida pela presença de parceiros essenciais da Escola Fundação Roberto Marinho, como Redes da Maré, Vista Capital, Instituto Abraço do Tigre e Rede Cruzada.

Advertisement

Além das famílias dos estudantes, a formatura contará com a participação de figuras importantes, incluindo o secretário geral da Fundação Roberto Marinho, João Alegria; a diretora da Redes da Maré, Andreia Martins; a diretora do Instituto Abraço do Tigre, Karla Moreira Ferreira Ribeiro; e a gerente pedagógica da Rede Cruzada, Luana Fonseca. O jornalista da TV Globo, Alexandre Henderson, atuará como mestre de cerimônia, e o evento contará com uma apresentação especial do grupo Mulheres ao Vento, um projeto de dança antirracista de base comunitária.

A Escola Fundação Roberto Marinho destaca-se por adotar a Metodologia Telessala – Incluir para Transformar, baseada no Telecurso, com uma formação de dois anos. “Nossa metodologia é muito atraente, porque faz o estudante perceber que pode desenvolver outras habilidades, além das habilidades acadêmicas, e confirma que eles têm capacidade de seguir e superar os desafios do passado e do presente”, destaca Heloísa Mesquita, Gerente de Implementação do Laboratório de Educação da Fundação Roberto Marinho.

A diretora da escola, Renan Carlos Silva, compartilha a alegria e honra de possibilitar a realização do sonho de muitos alunos: “Oferecemos escolaridade básica de qualidade e atuamos na solução de problemas educacionais que impactam nas avaliações nacionais, como distorção idade-série, evasão escolar e defasagem na aprendizagem. É uma grande honra e alegria possibilitar a realização do sonho de muitos alunos, que era estudar e melhorar o seu futuro.”

A formatura, além de marcar o encerramento de um ciclo acadêmico, simboliza a vitória sobre adversidades e a conquista de um futuro mais promissor para esses estudantes, mostrando que, como destacou Tauã de Oliveira Silva, “Nós, moradores de comunidades, podemos ir muito além do que as pessoas acham”.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Formatura Emociona e Celebra Conquistas de Moradores de Comunidades no Rio de Janeiro
Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui