Forte calor aumenta procura por itens de moda praia no dia a dia dos cariocas e anima lojistas do setor

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Divulgação - Viviane Vale

Com a chegada do verão, o aumento nas temperaturas que chegaram a sensação térmica de quase 60º no Rio, além da expectativa do Carnaval, as peças de moda-praia já se tornaram uma opção usual no dia a dia, sendo cada vez mais escolhida nos armários para funções básicas da rotina, dias de férias, resolução de questões informais e até mesmo para compor looks mais sofisticados.

A escolha por conforto e frescor diante do forte calor, além da versatilidade na vestimenta, tem feito as pessoas procurarem, no Estado do Rio, indústrias deste ramo em municípios como Petrópolis e Cabo Frio, além da Baixada Fluminense, que tem despontado como um polo produtor de biquínis, maiôs e sungas, dentre outras peças.

Dados da CDLRio e do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Rio de Janeiro, o SindlojasRio, apontam que as vendas durante a estação, especialmente no Carnaval, devem ser 2,5% maiores do que o mesmo período do ano passado. Em Nova Iguaçu, a empresária Viviane Vale tem registrado um aumento da procura por este tipo de peça desde a última onda de calor. Para dar conta da produção, investiu em dobrar a mão de obra e o tempo usado na confecção dos itens no seu próprio ateliê.

Foram pelo menos quatorze horas de trabalho por dia ao longo desse período pré-verão, com foco em ter opções para agradar as mulheres da região. Ter itens como biquínis e maiôs, hoje em dia, não é mais sinônimo de que se vai à praia ou à piscina. A carioca quer se sentir confortável para levar o filho para passear, encarar um dia resolvendo problemas em filas em pleno fim de ano, andar de bicicleta e até mesmo dirigir, fazer compras e tantas outras atividades, onde as peças de moda praia compõem muito bem os itens de vestuário já tradicionais nos looks de verão”, explica.

Delivery próprio, contratação extra de funcionários e aproveitamento da mão de obra local também foram algumas opções adotadas pela empreendedora, que já atua no ramo há mais de dez anos. Para o período, que contempla as férias escolares, verão e carnaval, a expectativa é de registrar um aumento de até 30% nas vendas em relação ao mesmo período do ano anterior.

Entramos numa temporada em que ter uma boa peça de moda-praia se torna uma das prioridades da mulherada, rompendo padrões, quebrando estereótipos e mostrando que todas nós podemos ser quem quisermos. Reforço sempre que, para além da Zona Sul, o nosso ‘Rio 40 graus’ tem opções que podem ser acessíveis, exclusivas e com um charme que a estação pede, mostrando o potencial da Baixada Fluminense e das localidades que não são grandes centros, onde a atenção das compras está focada”, pontua Viviane, que já disponibilizou suas peças através do e-commerce até para fora do país.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Forte calor aumenta procura por itens de moda praia no dia a dia dos cariocas e anima lojistas do setor
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui