Fórum de Mulheres denuncia violência obstétrica em hospitais de Duque de Caxias

A elaboração dos relatórios ocorreu durante uma série de vistorias

Foto: Divulgação

Documentos com reivindicações em relação à violência obstétrica e a mortalidade materna e neonatal no Hospital Adão Pereira Nunes, em Santa Cruz, foram entregues à Prefeitura da cidade. A elaboração dos relatórios ocorreu durante uma série de vistorias feitas na unidade pela presidente da Frente de Combate à Violência Obstétrica e Mortalidade Materna, Mônica Francisco, e Ivanete Silva, Coordenadora do Fórum dos Direitos das Mulheres de Caxias.

Os registros foram entregues ao secretário Municipal de Saúde de Duque de Caxias, Daniel Puertas. A coordenadora Ivanete Silva afirmou que outros documentos já foram oferecidos e não houve retorno.

Chegamos aqui com a tarefa de fazer não um protocolo, mas entregar em mãos, já que é o 3º ofício. Os outros não foram respondidos”, afirmou.

Outra denúncia feita é a dificuldade na comunicação com a Secretaria de Saúde do município. “Presenciamos, inclusive, a falta de comunicação, até mesmo por telefone. Isso justifica a nossa presença, para que tivéssemos a palavra dele do conhecimento sobre os ofícios protocolados anteriormente”, relatou Ivanete Silva.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui