O candidato a prefeito pelo Novo, Fred Luz, passou a manhã deste sábado (17.10) no calçadão de Campo Grande, conversando com eleitores sobre as prioridades da Prefeitura para o bairro. Fred explicou que, se eleito, uma das primeiras medidas será a descentralização da gestão, para que os moradores e empresários dos bairros possam ajudar a administração municipal a definir as prioridades para cada região.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Vamos arrumar a casa com uma reforma dos processos de decisão da Prefeitura. Vou garantir que as pessoas que ocuparão as funções de decisão na ponta, isto é, nas regiões administrativas, estejam qualificadas para corresponder às expectativas da população. Darei a estes gestores poder para decidir, junto com a sociedade local, os projetos que merecerão os recursos públicos”, explicou o candidato.

A população de Campo Grande, por exemplo, indicará suas prioridades e estes gestores, aprovados numa seleção rigorosa e que não serão apadrinhados políticos, como acontece hoje, terão a tarefa de preparar os projetos e executá-los, reportando sempre ao prefeito o cumprimento das metas. “Uma Prefeitura com as contas equilibradas, com tolerância zero com a corrupção e que dará poder de fato aos administradores locais, terá melhores condições de resolver os problemas de Campo Grande e de todas as outras regiões da cidade”, disse ele.

A descentralização administrativa está prevista no plano de governo de Fred Luz, com o objetivo de direcionar as ações do governo, engajar as pessoas e possibilitar que cada cidadão seja um fiscal das ações do governo.

A forma de gestão proposta no plano prevê que cada território tenha à sua frente um executivo e uma equipe de gestores, selecionados por critérios de capacitação, experiência e conhecimento do território. O processo de seleção será pré-definido, transparente e não será norteado por critérios políticos. O executivo de território terá status equivalente a um subsecretário.

Cada território terá um conselho consultivo, representando os moradores e lideranças empresariais, que interagirá com a equipe gestora. Além do conselho consultivo, será implantado um canal digital, através do qual todos os moradores serão informados sobre metas, ações e seu andamento. Isso permitirá que os próprios moradores auxiliem na fiscalização e na avaliação da equipe gestora do território. O canal existente 1746 poderá ser adaptado para esta função.

As principais atribuições da equipe gestora são: definir as ações de melhoria do território a partir do diálogo com a população, aprovar as ações junto às pastas que executarão os serviços, aprovar o orçamento para o território e fiscalizar a implantação das ações e a qualidade dos serviços prestados. Regularmente, o executivo do território prestará contas ao prefeito sobre o andamento do plano de metas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui