Freixo diz que para Lula senador que tem que ser eleito é André Ceciliano

Marcelo Freixo reforçou o apoio à candidatura de André Ceciliano ao Senado e afirmou que a eleição do petista vai ajudar a governabilidade de Lula

Foto: Anderson Coutinho

Em um comício com público estimado em 10 mil pessoas na cidade de Maricá nesta sexta-feira (02/09) à noite, o candidato ao governo do Estado Marcelo Freixo (PSB) reforçou o apoio à candidatura de André Ceciliano (PT) ao Senado e afirmou que a eleição do petista vai ajudar a governabilidade de Lula como presidente da República.

Para que Lula consiga governar e mudar esse país, Lula vai precisar de senador eleito que esteja do lado dele para qualquer briga. E não sou eu que estou dizendo isso. Quem disse o senador que tem que ser eleito no Rio de Janeiro foi Luiz Inácio Lula da Silva e ele disse que esse senador é o André. Essa eleição para o Senado é uma eleição que se define na reta final”

No comício, André destacou que as políticas sociais da cidade são um exemplo a ser seguido em todo o Brasil. O combate à fome, à violência e às milícias, além do retorno das obras estruturais no estado para geração de empregos, também foi defendido pelo candidato a senador.

De 2014 a 2020, nós perdemos 680 mil empregos no estado do Rio de Janeiro. Já recuperamos alguns deles, mas ainda são 500 mil desempregados. Com parceria entre os governos federal e estadual, nós precisamos retomar as obras paradas, a obra do Complexo Petroquímico de Itaboraí, a nossa refinaria, o Arco Metropolitano. Precisamos dinamizar a construção civil e resgatar a indústria naval. Eu não tenho dúvida que, com o nosso presidente Lula e a retomada dessas obras, a gente pode gerar rapidamente mais de 100 mil empregos no estado do Rio nos primeiros meses de 2023

O candidato também destacou a capacidade de Freixo para combater a violência no estado e, assim, também melhorar a economia.

Você, Freixo, pode romper a violência que está atrasando o estado do Rio de Janeiro. Para ter empregos, precisamos de segurança pública. Só você pode enfrentar as milícias, só você pode enfrentar o tráfico, que mata a nossa juventude. Eu não tenho dúvida que, no dia 2 de outubro, é Freixo

André e Freixo cumpriram agenda de campanha em Maricá desde o início da tarde. Junto com o prefeito Fabiano Horta e candidatos petistas, eles visitaram uma feira de economia solidária, conversaram com comerciantes e moradores e depois visitaram a horta urbana da cidade, a primeira do Brasil.

Eles também foram a uma unidade do Banco Mucumba, responsável pela concessão de benefícios sociais pagos em “mucumbas”, a moeda social usada na cidade. Ela tem o mesmo valor do Real e foi criada a partir do conceito de economia circular, para valorizar comércio e dos serviços locais e promover a distribuição de renda para a população.

Moeda social nas comunidades

Inspirado no modelo de Maricá, Marcelo Freixo defendeu a criação de moedas sociais no âmbito estadual. A proposta é partir de um projeto piloto em três regiões diferentes e depois expandi-lo pelo estado.

Nós vamos fazer algo semelhante na favela do Salgueiro, em São Gonçalo; na Rocinha; e na Chatuba, na Baixada Fluminense. A ideia é copiar o modelo de Maricá e, além disso, nós vamos dialogar amplamente com os prefeitos de toda a Baixada para que a experiência da moeda social daqui seja levada para lá também

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui