Freixo promete levar Arco Metropolitano até Itaboraí

Freixo afirmou que a degradação do Rio não tem a ver com a falta de recursos, mas com a falta de compromisso com o estado

Foto: Marcio Menasce/Divulgação

O candidato ao governo do Rio de Janeiro Marcelo Freixo (PSB) participou de uma coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (30/09), a dois dias das eleições gerais, junto ao candidato a Presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), do candidato ao Senado pelo Rio André Ceciliano (PT), da candidata a Deputada Federal Benedita da Silva (PT), do prefeito de Maricá Fabiano Horta (PT) e da presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores Gleisi Hoffmann. No encontro, Lula reafirmou mais uma vez o apoio à ida de Freixo para o Palácio Guanabara.

Em conversa com a imprensa, Freixo afirmou que a degradação do Rio não tem a ver com a falta de recursos, mas com a falta de compromisso com o estado: “80% do petróleo brasileiro está aqui no estado. Nós temos condições de dar educação em tempo integral para as crianças e adolescentes do Rio de Janeiro. Temos que ter esperança e é isso que estamos colocando nos últimos dias de campanha ao lado do presidente Lula. É decisivo o apoio do presidente Lula. Ele está com a gente desde o início e a gente chegou até aqui graças ao apoio dele. Fizemos a maior aliança desse campo na história do Rio. Não organizamos somente um programa ou uma candidatura, mas um projeto para governar o Rio de Janeiro de uma maneira diferente da que foi governado até hoje“.

O candidato ao governo do estado também falou da importância do voto neste domingo para a recuperação do estado: “mais do que um direito, o voto é uma conquista. A gente sabe que essa eleição, tanto no Rio de Janeiro quanto no Brasil, é a eleição mais importante da nossa história. Precisamos mais do que trocar o governador, a gente precisa ter outra forma de governar, que coloque o povo em primeiro lugar criando emprego e condições dignas de transporte. O presidente Lula se comprometeu com a gente para investirmos na SuperVia. O governo federal vai nos ajudar a recuperar as estações de trem e a ter o serviço expresso de volta. Não é possível que a população da Zona Oeste e da Baixada levem duas horas para ir e duas horas para voltar do trabalho, perdendo qualidade de vida. O governo federal em parceria com o nosso governo pode mudar concretamente as condições e tornar a vida da população melhor.

Sobre as obras paralisadas do governo federal no Rio de Janeiro, Freixo prometeu gerar emprego a partir de obras de infraestrutura social: “o próprio Lula já disse que na primeira semana do seu mandato estará aqui com a gente. A urbanização das favelas é muito importante para trazer qualidade de vida, fazendo com que as pessoas morem em condições melhores. Queremos fazer um Minha Casa Minha Vida especificamente para a Região Serrana e para os morros no estado, porque é muito importante ter moradia segura, tirando as pessoas dos lugares de risco agora e não debaixo da terra depois. Podemos recuperar o Comperj com a economia do gás, trazendo mais emprego para próximo do Arco Metropolitano, que hoje sai lá de Itaguaí até Magé e está jogado às traças, sem nenhum poste funcionando. O que era para ser uma obra que viabilizasse a vida dos caminhoneiros e a logística da economia fluminense, trazendo indústrias para o Rio, não trouxe nenhuma empresa e hoje é conhecida como a rodovia da morte por falta de segurança pública. Vamos recuperá-la e fazer o Arco Metropolitano chegar até a BR-101 em Itaboraí, completando assim o Arco e trazendo emprego de volta para a população”.

Marcelo Freixo, do PSB, é candidato da coligação “A VIDA VAI MELHORAR”, que reúne PSB, PT, PCdoB, PSOL, PV, Rede, PSDB e Cidadania.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui