Furto de cabos na SuperVia aumentou 268% neste início de 2022

Entre janeiro e fevereiro deste ano foram 220 ocorrências de furto

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: O Dia

Um levantamento feito pela SuperVia mostra que, entre janeiro e fevereiro deste ano, as estações de trem do RJ registraram 220 furtos de cabos, um aumento de 268% em relação ao mesmo período de 2021. Ainda de acordo com a empresa que administra o serviço, o roubo do equipamento é um dos problemas mais constantes da rede. Somente na madrugada da última sexta-feira, (11/03), foram relatadas quatro ocorrências em três ramais. Ao todo, mais de cem metros de cabos foram levados pelos criminosos.

Nesta segunda-feira, (14/03), o mesmo problema atrasou a vida dos cariocas que tentavam chegar ao trabalho. A ocorrência aconteceu próximo a Bonsucesso, onde passageiros foram obrigados a esperaram o concerto nas linhas.

Ainda nesta segunda-feira, deputados vão ouvir representantes da agência reguladora Agetransp na CPI dos Trens, na Assembleia Legislativa do RJ (Alerj). Serão debatidos não só os problemas de atraso, mas também questões de acessibilidade e o aumento da tarifa.

Em janeiro, a Agetransp homologou o reajuste anual da passagem de trem, que começaria a valer a partir de 2 de fevereiro. A tarifa passaria de R$ 5 para R$ 7. Este valor ainda está sendo negociado, mas os problemas na SuperVia e a falta de segurança não condizem com esse, possível, aumento.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Furto de cabos na SuperVia aumentou 268% neste início de 2022

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui