Galeão fecha acordo com empresa chinesa ‘Drayton Aerospace’ para serviços de manutenção em aviões

A parceria posicionará o Rio de Janeiro como um centro internacional de mão de obra qualificada no setor de manutenção de aeronaves, além de gerar cerca de 300 empregos diretos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Pista do Aeroporto do Galeão - Foto: Reprodução

O Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, anunciou um contrato estratégico com a empresa de manutenção chinesa, a Drayton Aerospace, marcando mais um passo na expansão de seus negócios no país.

A empresa, que funciona como uma corporação de capital privado, com raízes na China desde 2006, estabeleceu sua presença no Brasil em 2019 e já conta com escritórios nos Estados Unidos e na Europa. E agora, a empresa assumirá um edifício de 19 mil metros quadrados de área construída, onde oferecerá serviços de manutenção e reparo em trens de pouso, componentes e motores de aeronaves dos setores comercial e militar, atendendo tanto a clientes brasileiros quanto internacionais.

De acordo com informações da concessionária RIOgaleão, essa parceria contribuirá para posicionar o Rio de Janeiro como um centro internacional de mão de obra qualificada no setor de manutenção de aeronaves. A iniciativa gerará diretamente cerca de 300 empregos e fortalecerá o segmento de manutenção no Estado do Rio.

E além da expansão no Galeão, a Drayton Aerospace já possui instalações no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, ocupando parte da estrutura que antes pertencia à Varig e também foi utilizada pela TAP M&E.

Advertisement

Este movimento de expansão na manutenção aeronáutica não é exclusivo do Galeão. Em julho passado, a United Airlines inaugurou seu primeiro centro de manutenção fora dos Estados Unidos, um espaço com mais de 60 mil metros quadrados capaz de atender até seis aviões de fuselagem estreita ou quatro de fuselagem larga.

O engenheiro Wagner Victer comenta sobre a chegada da Drayton Aerospace no Brasil: “O anúncio da empresa Drayton Aerospace de manutenção no Aeroporto do Galeão é mais uma notícia muito positiva e só é possível pelo processo de revitalização que estamos conseguindo para o Galeao! Exemplos como esse e como o anúncio da TAP de ontem ampliando os voos do Galeao de 10 para 12 semanais demonstra o sucesso desse movimento e o que preocupava os que faziam lobby contra.”

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Galeão fecha acordo com empresa chinesa 'Drayton Aerospace' para serviços de manutenção em aviões
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui