‘Gol Contra a Fome’: campanha da Prefeitura arrecada recurso para oferecer 80 mil lanches no Rio

A comida será distribuída gratuitamente aos frequentadores dos restaurantes populares de Bangu e Campo Grande. Doações serão aceitas até o fim de dezembro

Imagem ilustrativa - Foto: Miguel Almeida

Segundo a Rede Pessan Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania, Segurança Alimentar e Nutricional – 2,7 milhões de cariocas passam fome e mais da metade da população convive com algum grau de insegurança alimentar. Pensando nisso, com a proximidade da Copa do Mundo e das festas de final de ano, o Instituto da Criança e a Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Renda (SMTE), criaram a campanha “Gol Contra a Fome”.  Com o slogan: “Aqui, a solidariedade nunca sai de campo”, a campanha tem como meta arrecadar R$ 180 mil com o objetivo de oferecer 80 mil lanches gratuitos para quem adquirir refeições nos restaurantes populares de Bangu e Campo Grande.

Ser útil e servir aos que necessitam do nosso apoio são privilégios que preenchem o nosso coração de alegria e nos proporcionam o sentimento da gratidão por essas oportunidades”, ressalta Pedro Werneck, presidente do Instituto da Criança.

Os números de insegurança alimentar no Brasil são impressionantes. A Prefeitura conta com diversas iniciativas na área de segurança alimentar e não tem medido esforços para enfrentar o desafio. Acreditamos na importância de parcerias com empresas e sociedade civil para construirmos juntos o Rio que a gente quer”, destaca o secretário Alexandre Arraes

O Instituto da Criança fará a captação dos recursos com a iniciativa privada, além de realizar a gestão operacional/financeira e o crowdfunding via Benfeitoria. Já a SMTE cederá os espaços e fiscalizará a execução dos atendimentos.

Até dezembro, a campanha estará disponível para receber doações: https://benfeitoria.com/projeto/gol-contra-a-fome-12ge

Depósito bancário: Banco Santander / Ag: 4328 / CC: 130055913

PIX: 5913@institutodacrianca.org.br

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui