Governador em exercício sanciona lei que cria o ‘Dia da Portela’

Comemorada anualmente em 11 de abril, a data visa enaltecer o legado da agremiação, além de incentivar o turismo fluminense

Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio

O governador em exercício e secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha (União Brasil), sancionou a Lei nº 10.013/23, de autoria do deputado Dionísio Lins (PP), que institui a “Dia da Portela” a ser comemorado anualmente no dia 11 de abril. A lei foi publicada, nesta segunda-feira (15), no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

De acordo com Dionísio Lins, a criação do “Dia da Portela”, além de prestigiar a agremiação por toda a sua contribuição cultural ao Carnaval e à história fluminense, também será um grande incentivo ao turismo do Rio de Janeiro, já que a quadra da escola é visitada o ano inteiro em razão da sua diversificada programação de eventos.

“É um reconhecimento para uma das maiores escolas de samba do país. O Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela, além de possuir relevância para o carnaval carioca, firmou-se como um dos grandes celeiros de grandes compositores do samba, comprovado por sua ativa e tradicional Velha Guarda. Além disso, a quadra da escola é um dos grandes pontos culturais do Rio de Janeiro e recebe visitas e eventos o ano inteiro. Outro destaque é a bateria da Portela (Tabajara do Samba), que é uma das mais respeitadas baterias de escola de samba do Brasil”, justificou o deputado no Projeto de Lei.

A normativa tem como objetivo enaltecer ainda a cultura popular e o samba, além de movimentar a economia do bairro sede da escola, Oswaldo Cruz, e outros bairros da Zona Norte. A expectativa é de que haja um giro no mercado de trabalho local por conta da realização de eventos e venda de produtos.

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) já havia concedido o título de Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado à Portela, em dezembro do ano passado, através da Lei 9.505/21, também de autoria de Dionísio Lins. A lei, que foi sancionado pelo governador Cláudio Castro (PL), tem como objetivo a valorização do samba, como manifestação cultural, além de reforçar o Carnaval como a maior festa popular do Brasil, com alto potencial turístico.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui