Governador prestigia a primeira noite de desfiles da Série Ouro

Carnaval 2024 recebeu R$ R$ 62,5 milhões em investimentos do Governo do Estado. À Cidade do Samba foram reservados R$ 10 milhões e outros 12 milhões foram destinados a blocos e outras manifestações culturais

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Primeira noite de desfiles da Série Ouro / Philippe Lima

A primeira noite de desfiles das escolas da Série Ouro, que acontece nesta sexta-feira (10), na Passarela do Samba, contaram com a participação do Governador Cláudio Castro (PL). Esse ano, o Governo do Estado investiu R$ 62,5 milhões no Carnaval, foi o maior valor até então aportado na festa. O investimento levou diversificados serviços e uma série de ações ao Sambódromo para garantir tranquilidade e segurança a foliões e turistas.

Todos os anos, o Carnaval injeta recursos exorbitantes na economia fluminense, por meia de toda a sua cadeia de produção, com atividades diretas e indiretas. Para esta edição, está prevista a chegada de mais de cinco milhões de turistas e fluminenses ao Rio. Com eles, a economia local deve futurar R$ 4,5 bilhões.

“O Carnaval do Rio de Janeiro é a maior e mais popular festa do país e do mundo, o que nos dá muito orgulho. E contribui de forma expressiva para fomentar o turismo, gera empregos e renda formais e informais para a população, além de uma maior arrecadação de impostos. Não podemos esquecer também dos trabalhos temporários criados nesta época, e que são importantes para muitas famílias”, comentou chefe do Executivo estadual.

Somente para os desfiles das Escolas de Samba foram destinados R$ 40,5 milhões. A medida teve o objetivo permitir que os barracões e trabalhadores realizassem os seus trabalhos com despesas e salários em dia. À Cidade do Samba foram reservados R$ 10 milhões para a realização de eventos durante todo o ano. Mais R$ 12 milhões foram destinados a blocos e outras manifestações culturais.

Advertisement

Leia também

Progressistas dividido entre Bolsonarismo, Eduardo Paes e Marcelo Queiroz – Bastidores do Rio

Custas judiciais aumentaram 45% no estado do Rio de Janeiro nos últimos dois anos

Para tornar a festa ainda mais segura, o Governo do Estado também aportou recursos na segurança pública, ampliado com emprego do videomonitoramento com reconhecimento facial e drones. O efetivo policial também foi incrementado para aumentar a sensação de segurança nas ruas.

Os esforços do governo fluminense de tornar o Carnaval uma festa cada vez mais grandiosa estão dando frutos por todos os lados. Um exemplo do retorno é de Dona Glauce Cristina Bentes, de 51 anos, que este ano conseguiu um trabalho temporário como encarregada da limpeza em um dos camarotes da Sapucaí.  Com a vaga, ela gerou uma renda, ganhando até 30% acima do seu salário. “Faz uma grande diferença no orçamento. É um dinheiro que posso guardar, fazer uma viagem ou um passeio em família. Desde pequena fui criada com o Carnaval, trabalhar hoje para essa festa é algo muito gratificante, é algo que eu sempre quis”, afirmou Dona Glauce.

Cada vez mais turistas estão circulando pela cidade, provenientes de todos os lugares do mundo. Caso de Joan Cooper, turista americana que visita o Rio pela primeira vez. Ela afirmou que decidiu conhecer a festa e ficou muito impressionada com a grandiosidade do evento: “O Carnaval é uma novidade para mim. Estou gostando muito me sentindo muito segura aqui. Provavelmente voltarei” – afirmou ela.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Governador prestigia a primeira noite de desfiles da Série Ouro

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui