Governo do Rio vai repassar R$ 800 milhões aos municípios através do Programa Cuidar + Saúde para Todos

Cláudio Castro citou a parceria feita com os municípios, desde que assumiu a gestão do Estado, e os repasses consideráveis por ele realizados

Com o Programa, Castro prevê a melhoria do atendimento ao público na área de saúde /Foto: Ernesto Carriço

O Programa Cuidar + Saúde para Todos, uma iniciativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, receberá um repasse de R$ 800 milhões em créditos extraordinários destinados a projetos da área da saúde. Todas os municípios poderão receber os recursos, desde que passem por avalições por parte da Secretaria de Estado de Saúde, encarregada de autorizar o repasse.  O anúncio foi feito governador Cláudio Castro (PL), no Salão Nobre do Palácio Guanabara, no bairro das Laranjeiras, Zona Sul do Rio. O evento contou com a presença do secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, e prefeitos.

Cláudio Castro citou a parceria com os municípios desde que assumiu a gestão do Estado, além de ressaltar que o governo estadual tem feito repasses consideráveis às prefeituras fluminenses. Segundo ele, o Programa Cuidar + Saúde para Todos é algo específico que visa qualificar uma área na qual os moradores do Estado percebem maior fragilidade.

“Hoje é dia de celebrar a maturidade da política do Rio de Janeiro. O estado e as prefeituras trabalham juntos atualmente. Ano passado, já em parceria com os municípios, foram transferidos, de forma voluntária, R$ 6 bilhões para os municípios. E agora, com esse repasse específico, o objetivo é melhorar cada vez mais o atendimento público de saúde para a população fluminense,” afirmou o governador.

Os municípios contemplados deverão usar os recursos seguindo especificações impostas pelo Governo do Estado. Trinta por cento do valor deverá ser investido na reforma das unidades básicas de saúde, e os outros 70%, serão destinados ao custeio de linhas de tratamentos médicos (cardiologia, genecologia, oncologia, entre outros) escolhidos pelas prefeituras.

O secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, falou sobre o trabalho da pasta na avaliação dos projetos.

“Vamos receber esses projetos, avaliar e autorizar os repasses. Trata-se de um trabalho minucioso. As prefeituras poderão injetar os recursos referentes a custeio nas unidades básicas de saúde até o tratamento de alto padrão,” afirmou o secretário.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui