Governo do RJ lança campanha contra o assédio à mulher no Carnaval

Além da ação, Policiais militares da Patrulha Maria da Penha – que assiste mulheres com medidas protetivas – estarão fazendo ações diárias de prevenção

Carnaval do Rio (Foto: Riotur)

‘Ouviu um não? Respeite a decisão’, a frase usada pelo Governador Cláudio Castro, durante a apresentação do plano operacional do RJ para o Carnaval, também é o slogan da campanha que o Poder Público está lançando no Carnaval. Nela, são pontuadas atitudes de assédio contra a mulher – como puxar o cabelo, braço e a fantasia – e destacado o aplicativo Rede Mulher. Baixado gratuitamente no celular, a ferramenta tem um botão de emergência que aciona eletronicamente o 190, da Polícia Militar. ‘Seja um folião de respeito’, convoca uma das peças, divulgadas em redes sociais, rádios, jornais impressos, outdoors e pontos de ônibus, entre outros locais.

“A proteção da mulher é prioridade em nosso governo o ano todo, tanto que criamos a Secretaria da Mulher, que coordena várias ações nesse sentido. Mas sabemos que no Carnaval há uma tendência de o assédio aumentar, e isso torna essa campanha de conscientização ainda mais importante. Nossa mensagem é clara: atitudes de desrespeito ou de violência contra as mulheres não serão toleradas” destacou o governador Cláudio Castro.

Agenda dos Blocos de Rua do Rio de Janeiro em 2023

Além da campanha de conscientização, o Governo do Estado também atua no enfrentamento de todos os tipos de violência contra a mulher. Nesse Carnaval, policiais militares da Patrulha Maria da Penha – que assiste mulheres com medidas protetivas – estarão fazendo ações diárias de prevenção à violência contra a mulher na Marquês de Sapucaí, Intendente Magalhães, Baixada Fluminense, Niterói e interior fluminense. As 14 delegacias especiais de Atendimento à Mulher estarão com reforço policial no Carnaval.

“A mulher pode e deve brincar o Carnaval longe de toda forma de assédio, violência ou agressão. Vamos trabalhar para que o respeito a elas dê o tom desse Carnaval, promovendo ações de conscientização e também, quando necessário, vamos coibir os abusos “, disse a secretária de Estado da Mulher, Heloisa Aguiar. 

O programa Empoderadas, que atua na prevenção da violência contra a mulher com técnicas esportivas, vai distribuir materiais informativos sobre segurança para uso de carro de aplicativo, transporte público e locomoção a pé, entre outros temas, nas estações do metrô Carioca, Central, Uruguaiana e Catete, além do Sambódromo.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui