Governo Federal investe R$ 343 bilhões em ações sociais no RJ em 2023

Aporte financeiro integram o Novo PAC, Bolsa Família, Mais Médicos, Brasil Sorridente, merenda escolar, Bolsa Atleta, Lei Paulo Gustavo, entre outros

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Entre os projetos previstos no Novo PAC, estão as obras do ''Minha Casa, Minha Vida'' (Foto: Divulgação)

Os investimentos e projeções de aportes no Rio de Janeiro definidos pelo Governo Federal já superam os R$ 343 bilhões em 2023. Os recursos estão sendo aplicados em infraestrutura, habitação, saúde, educação, cultura, esporte, assistência social e agropecuária

São investimentos projetados para obras do novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), aplicados no Bolsa Família, na qualidade da merenda escolar, no reforço ao Mais Médicos, na retomada e ampliação do Brasil Sorridente, em repasses para a atenção primária à saúde e hospitais filantrópicos, além de transferências voltadas para a cultura e ao patrocínio de atletas nascidos no estado.

Confira um resumo:

Infraestrutura

Novo PAC: serão investidos R? 342,6 bilhões em obras e serviços no Rio de Janeiro, com destaque para:

Advertisement

» 16 novas plataformas para Desenvolvimento da Produção de Petróleo e Gás Natural

» 11 Gasodutos Interligados e um Gasoduto de Escoamento – Rota 3

» Refinaria Duque de Caxias – Coprocessamento

» Moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida

Obras retomadas ou entregues em 2023

» Modernização, reforma e aquisição de equipamentos esportivos para o ginásio de Itaperuna.

» Reforma do Estádio Municipal Albino Friaça, em Porciúncula.

» Aquisição de equipamentos esportivos permanentes, no município de Vassouras.

Saúde

Mais Médicos: até o fim de 2023, haverá um adicional de 956 médicos no Rio de Janeiro, elevando para 1.528 profissionais no estado, que podem atender até 5,3 milhões de pessoas. Só entre janeiro e julho, foram alocados mais 81 médicos, chegando a 572 profissionais.

Unidades Básicas de Saúde: no primeiro semestre, entraram em funcionamento 41 UBS, elevando para 1.922 unidades no estado.

Atenção Primária à Saúde: Nos primeiros seis meses deste ano, 30 equipes de saúde da família e sete de atenção básica começaram a atuar no estado. Desta forma, 3.325 grupos de atendimento à saúde estão realizando atendimentos no território fluminense.

Brasil Sorridente: no primeiro semestre, 90 novas equipes começaram a atuar, chegando a 1.295 no estado.

Hospitais Filantrópicos: para atender 50 entidades filantrópicas de saúde, inclusive Santas Casas, o Governo Federal liberou R? 27,4 milhões. O recurso atendeu a população de 22 municípios no primeiro semestre.

Cultura

Até julho, foram repassados R? 258,7 milhões para projetos culturais coordenados pelo estado e 73 municípios.

Merenda Escolar

Até o final de julho, foram repassados R? 193,7 milhões para investir na qualidade da merenda escolar para 2,5 milhões de alunos em 7,1 mil escolas atendidas pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar.

Esportes

O programa de patrocínio direto a esportistas chega a 974 atletas nascidos no estado, com investimento de R? 20,5 milhões pelo Governo Federal. Desse total, 56 são integrantes da categoria Atleta Pódio, a principal do programa, com repasses mensais que variam de R? 5 mil a R? 15 mil. Nas modalidades paralímpicas, são 166 esportistas.

Bolsa Família

No Rio de Janeiro, são 1,78 milhão de famílias nos 92 municípios do estado contempladas com o Bolsa Família. Um investimento de R? 1,19 bilhão do Governo Federal. É o terceiro estado com maior número de beneficiários do programa em agosto no país e o valor médio do benefício é de R? 671,33.

A capital fluminense é a cidade com maior número de contemplados no Rio de Janeiro. São 565,9 mil famílias, a partir de um investimento de R? 377,4 milhões e repasse médio de R? 666,84. Outros quatro municípios do estado totalizam pouco mais de 446 mil famílias beneficiárias: Nova Iguaçu (145.129), Duque de Caxias (124.129), São Gonçalo (91.437) e Belford Roxo (85.447).

Auxílio Gás

No Rio de Janeiro, são 533,4 mil famílias contempladas a partir de um investimento de R? 57,6 milhões.

Plano Safra

No primeiro semestre, foram realizadas 1,6 mil operações de crédito, que totalizaram R? 91,5 milhões em investimentos.

Emprego

Até julho, o total de empregos formais no Rio de Janeiro chegou a 3,5 milhões. Um aumento de 74,4 mil postos de trabalho em relação ao primeiro semestre de 2022.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Governo Federal investe R$ 343 bilhões em ações sociais no RJ em 2023
Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Aí jornalista cadê todo esse dinheiro q vc anunciô, tá onde? Vc aí jornalista, já visitô o UPA de maguinhos? Vc aí de novo já visitô as mazelas horriveis do jacarézinho? Vc aí outra vez já passô entre Benfica, manguinhos e jacarezinho? Ei jornalista, vc já pegô o trem Central-BelFord-Roxo? Sr jornalista vc já visitô Upa- clínica da família de Caxias? Ô jornalista tens passado pelo BRT-av Brasil? Sr jornalista vc já andô pelos beirais da linha férrea da Supervia? Vc jornalista vem visitar o Canal Swuck shuenk em cordovil, vem ver 200 milhões boiando no canal. Tu jornalista tem por acaso andado em algumas Upas do Rj? Então, antes de começar algo novo tem q terminar as corrompidas. Inúmeras obras largadas do Regime PT do lolla ladrão foram largadas pelo caminho e mais, a Odebrecht quer voltar a cena do crime e pior, vai voltar! Ainda, q esse corrupto seja condenado de novo, nunca mais vai ser preso! Essa tua reportagem parece matéria contratada!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui