Governo Federal reconhece situação de emergência no município de Queimados, na Baixada Fluminense

Waldez Góes, titular do MIDR, e uma equipe ministerial estiveram com autoridades fluminenses para traçar estratégias de ação e ajuda à população atingida pelas chuvas dos últimos dias

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Chuva na Baixada Fluminense / Instagram: Prefeitura do Rio

A Defesa Civil Nacional, entidade subordinada ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), reconheceu, de forma sumária, nesta quinta-feira (18), a situação de emergência do município de Queimados, na Baixada Fluminense. Com a medida, oito cidades atingidas pelas fortes chuvas nos últimos dias passam a contar com recursos para ajuda humanitária, retomada de serviços essenciais e reconstrução de infraestruturas e residenciais danificadas ou destruídas pelo desastre.

O Governo Federal já havia reconhecido a situação de emergência do Rio de Janeiro, Belford Roxo, Nova Iguaçu e São João do Meriti, na última segunda-feira (15). Na terça, foi a vez de Duque de Caxias, Nilópolis e Mesquita entrarem na lista. Também serão reconhecidos, os municípios de São Gonçalo, Magé, Japeri e Paracambi, assim que as suas prefeituras enviarem os decretos municipais de reconhecimento de situação de emergência.

O ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes (PDT) e uma equipe interministerial estiveram no Rio, na última terça-feira, para conversar com o governador Cláudio Castro (PL) e prefeitos, além de visitar as cidades atingidas pelo desastre. Na ocasião, o ministro do MIDR adiantou que não medirá esforços para ajudar a população do Estado.

“Por determinação do presidente Lula, faremos o que for necessário para atender à população. O quanto for necessário nós faremos”, destacou Waldez Góes. “Além dos recursos para ações de defesa civil, teremos participação de outras Pastas. A Saúde, por exemplo, já está disponibilizando o kit saúde. E o Bolsa Família já está sendo disponibilizado”, declarou.

Advertisement

Leia também

Proposta do BNDES para o Centro do Rio inclui calçadões e parque no Canal do Mangue

Há quarenta anos fazendo fantasias com materiais recicláveis, ex-empregada doméstica se destaca em concursos e tem fotos espalhadas pelo mundo

Durante a visita, as autoridades traçaram estratégias de atendimento à população fluminense. Waldez Góes também anunciou que o MIDR deslocará uma equipe técnica para ajudar a Baixada Fluminense na execução de planos de trabalho e no recebimento e direcionamento de recursos para ações de defesa civil.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Governo Federal reconhece situação de emergência no município de Queimados, na Baixada Fluminense

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui