Governo Lula assina portaria para migração de voos do Santos Dumont para o Galeão

Com a decisão, Santos Dumont só terá voos para Congonhas a partir de janeiro. Ao contrário do que havia sido anunciado, Brasília não terá conexão com o terminal da região central do Rio, pelos menos nesse primeiro momento

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Ministro Márcio França, presidente Lula e prefeito Eduardo Paes celebram a assinatura do documento (Foto: Reprodução/GloboNews)

O Governo Federal, através do ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, assinou nesta quinta-feira (10/08) a portaria que determina a migração dos voos do Santos Dumont para o Galeão. A medida entra em vigor a partir de janeiro de 2024.

O acordo foi firmado durante visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva às obras do novo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa Tech) no Porto Maravilha, no Rio.

O documento assinado garante que os voos para o Santos Dumont ficam restritos a perímetro de 400 quilômetros, excluindo os aeroportos internacionais. Ou seja, só a ponte-aérea via Congonhas fica na rota. Guarulhos e Viracopos (SP) e Confins (MG), por serem internacionais, não terão ligação direta;

Ao contrário do que foi anunciado anteriormente, Brasília não terá conexão com o Santos Dumont neste primeiro momento, mas pode ser incluído em um outro momento.

Advertisement

Muito feliz de assinar esse acordo, que vai possibilitar novos voos para o Rio de Janeiro, juntamente com o lançamento no Porto Maravilha [Impa]. E que daqui a pouco, quando chegar o encontro do G20 [em novembro de 2024], que o presidente Lula possa receber os líderes aqui nessa beleza de lugar“, disse o ministro.

Junto do passageiro que quer nos visitar, vem o executivo para fechar negócios. Junto com o passageiro que quer nos visitar, o turista, vem a carga do avião que vale muito mais do que as pessoas que estão em cima. Às vezes, a dona Maria não entende que um produto que ela compra pela internet em São Paulo sai mais barato do que sai no Rio. Porque nós não temos voos do Rio“, disse Paes.

Não tem sentido o aeroporto do Galeão ficar paralisado porque as pessoas, por comodidade, preferem sair do Santos Dumont. O Galeão foi construído para ser o aeroporto internacional, para ser a entrada de qualquer estrangeiro que tivesse de vir para o Brasil parar aqui no Galeão”, disse o presidente Lula.

A retomada do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, vem sendo debatida entre os governos federal e estadual e a prefeitura. Segundo as autoridades, o Santos Dumont, que atende apenas a malha doméstica, sofre com a saturação de voos, enquanto que o Galeão, está “abandonado”, mesmo com uma infraestrutura muito superior para ofertas de voos.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Governo Lula assina portaria para migração de voos do Santos Dumont para o Galeão
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui