Greve de aeronautas provoca suspensão em voos do Galeão e Santos Dumont

A categoria pede reajuste acima da inflação e melhores condições de trabalho.

Aeroporto do Galeão tem filas nesta segunda-feira (19). Pilotos e comissários fazem paralisação nacional — Foto: Reprodução/ TV Globo

Uma paralisação de pilotos e comissários de aviõesno início da manhã desta segunda-feira (19) causaram longas filas, atrasos e a suspensão de alguns voos nos aeroportos do Galeão, na Zona Norte, e no Santos Dumont, no Centro do Rio. A categoria pede reajuste acima da inflação e melhores condições de trabalho.

Alguns voos dos aeroportos Tom Jobim (Galeão) e Santos Dumont foram suspensos entre 6h e 8h. A greve começou nesta segunda e primete se repetir nos próximos dias no mesmo horário. A paralisação deve impactar nos voos de fim de ano, que costumam aumentar nesta época do ano.

Só no Santos Dumont, 2 voos foram cancelados e cinco estavam atrasados por volta das 7h50. No Rio Galeão, três voos decolaram com atrasos.

Os profissionais também reivindica recomposição das perdas inflacionárias; melhorias nas condições de trabalho; renovação da convenção coletiva de trabalho; definição dos horários de início de folgas e cumprimento dos limites já existentes do tempo em solo entre etapas de voos.

Além do Rio, os reflexos da greve ocorrem nos aeroportos de São Paulo, Campinas, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte e Fortaleza.

Segundo o sindicato da categoria, os voos que transportam órgãos, vacinas, enfermos não serão impactados.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui