Greve! Enfermeiros do Rio iniciam paralisação nesta quarta-feira

Os profissionais afirmam que as manifestações só serão cessadas com o pagamento do piso salarial; apenas 30% dos profissionais estarão trabalhando hoje e outros 70% realizam atos em hospitais da cidade

imagem ilustrativo - Grátis para uso comercial/ Foto: Kevin Hartung por Pixabay

Nesta quarta-feira, (14/09), enfermeiros do Rio de Janeiro iniciam uma paralisação de 24h. A decisão foi tomada após uma Assembleia Geral organizada pelo Sindicato dos Enfermeiros do Rio de Janeiro, em defesa do piso salarial da categoria.

As mobilizações acontecem após a liminar do ministro Luis Roberto Barroso que suspendeu, no dia 04/09, o piso da categoria em atendimento a uma ação movida pelos patrões privados da área da saúde. O STF tem até sexta-feira, (16/09), para definir se mantém ou não a decisão. Até o momento, o placar marca cinco votos a três a favor da suspensão.

O esquema deve funcionar com 30% dos profissionais trabalhando e outros 70% em um ato na porta do Hospital Quinta D’Or a partir das 7h. Às 7h também ocorre um ato no Hospital do Fundão. Às 8h, está previsto uma manifestação em Campo Grande, na Rua Cesário de Mello. Depois no Hospital Salgado Filho às 9h, em seguida no Hospital Federal dos Servidores do Estado às 11h, no mesmo horário de mais um ato em Andaraí.

Os profissionais da categoria afirmam que as manifestações só serão cessadas com o pagamento do piso salarial. O piso salarial nacional da enfermagem foi fixado em R$ 4.750, para os setores público e privado. O valor ainda serve de referência para o cálculo do mínimo salarial de técnicos de enfermagem (70%), auxiliares de enfermagem (50%) e parteiras (50%).

Nacional

Na próxima quarta-feira, (21/09), caso as exigências dos enfermeiros não sejam atendidas, será realizado uma manifestação nacional. Quem comanda a organização do ato é o Fórum Nacional da Enfermagem, que agrega entidades da categoria como a FNE (Federação Nacional dos Enfermeiros).

Advertisement

21 COMENTÁRIOS

  1. Serviços essenciais com 30% trabalhando.

    O RJ é dos mais populosos do Brasil.

    Qual a participação do RJ nas receitas da União com impostos por ela cobrados?

    Quanto dessa receita a União retorna para o RJ?

    Não se pode defender num estado como o RJ salário mínimo de miséria para profissionais de área indispensável e especializada qie requer formação.

  2. Tá bem esquisito esse processo viu, quem será que está ganhando com isso? Se chacoalhar essa árvore cai alguma coisa? Se a polícia Federal ir fundo será que acha alguma coisa? Não boto minha mão no fogo não quando se trata de jogo político com interesse em alguma coisa.
    É vergonhoso ter que pensar assim; sabendo que existe corrupção em algumas coisas no nosso país nós leva a duvidar de tudo que envolve política e interesse público.

  3. Só tenho uma coisa a dizer : Muitos inocentes morrerão por causa de um irresponsável que nem de sua competência, Mas, como já foi visto, o genro do nosso meritíssimo ex-presidente do STF, é responsável por parte da empresa D’Or, então está aí o motivo.

  4. O Piso do Magistério em vigor há vários anos STF mandou acabar. Diga- de passagem que o Piso dos Professores nunca foi cumprido na íntegra por vários entes da Federação, uma safadeza sem limites O STF reajusta o salário deles a hira que quiserem ?

    Quanto ao Piso da Enfermagem torço que consigam, são quase escravos e tem recurso sim!

  5. O Sr Luis Roberto ta achando que os enfermeiros nao merecem um salário de 4.780? Pois digo que esse valor ainda é pouco. Eles levam 5 anos se preparando numa faculdade , mais 18 meses numa pós para se especializar , dedicam sua vida a cuidar de outras , sujeitos a pegarem infeções, viroses , varios tipos de doenças transmissíveis, rala abeça e ainda acham que eles nao merecem um mísero salário de 4.780?
    E vcs políticos que ganham no mínimo 5x mais e ainda bonificações pagas por nós e nao temos o retorno do serviço de vcs q so sabem roubar e roubar…
    Baixem seus salarios e valorizem quem realmente merece ganhar bem.
    Saúde, educação e segurança, três itens básicos que não temos de boa qualidade na rede pública.

  6. Sem enfermagem não se faz saúde!
    Tem que fazer greve sim! E a população tem que apoiar e pressionar os corruptos do STF e quem for contra.
    Afinal quando vc está no leito, é a enfermagem que está ao seu lado, sempre foi. Chega de palavras e tapinha nas costas, valorização, salário digno e respeito.

  7. Para aumentar o próprio salário em 18% , ninguém acha que o país vai quebrar ! Parem de serem hipócritas ! Vão ganhar mais de 46 mil reais por mês, foras que tem moradia , carro , gasolina etc de graça, somos nós que pagamos até o papel higienico que vcs se limpam , criam vergonha na cara . Tenho nojo desse STF, nojo desse país, que favorece o que mais tem e os que não tem nada são abandonados a própria sorte .

  8. Tem que parar mesmo , aiiinnn mas enfermagem é por amor , vc paga boleto com amor ? Um absurdo técnico de enfermagem ganhar 1 salário mínimo, para cuidar de vidas , é uma afronta a dignidade humana, o Sangue de pessoas vai cair nas costas do Barroso.

  9. os enfermeiros, tecnicos e auxiliares não formam milícia, nem estão envolvidos em crimes, como algumas categorias militarizadas. o governo federal e o congresso foram irresponsáveis em aprovar a lei sem dizer a fonte de recursos. o interessante é que, para o orçamento secreto, motociatas e outras irregularidades, ninguém fala nada.

  10. Quem tem a perder e só o povo,que a enfermagem estão revoltados,e agora o serviço para nós não vai render nada,e está vindo aí mas doenças contagiosas,eu tô nem ai

  11. Vi um vídeo de uma enfermeira dizendo que sabe que foi o Bolsonaro que sancionou mas que vai votar no Lula e uma coisa não tinha nada a ver com a outra, agora ela procura saber sobre o secretário geral de saúde que era contra a que partido ele pertence e é participativo, esquerda nunca mais, #forastf

  12. Quando é para aprovar aumento salarial para deles nao tem esse mimimi , é simples ja q estão tao preocupados com o futuro da saude é so eles abrirem mao da metade Dos seua super salarios .QUE POREM É ALTO para quem nao faz nada de bom para ninguém ao contrario fazem é atrapalhar STF vcs estão esqueçendo que nois da enfermagem somos mais importantes do que vcs q vestem essa capa preta e acham q sao Deuses uma dia vcs ao de precisar de nois

  13. Há 35 anos enfermeiros e técnicos de enfermagem veem lutando por um piso salarial e outros direitos bem simples como sala de descanso e uma carga horária justa.Somos a base de qualquer instituição de saúde seja publica ou privada,mas os “senhores poderosos” que lucram as nossas custas,nao querem ou fingem nao saber disso.Mas só em 2022 ficaram sabenfo dessa revindicacao piso salarial???Ou confiaram numa nao aprovação???Me poupem da hipocrisia!!Hospitais serao fechados??Empresarios parem de super faturar,enfermagem nao é escravo!!!Lei ruim ou boa, tem que ser cumprida!!Trate com respeito quem faz sua engrenagem girar!!

  14. NEOLIGHT… É INACREDITÁVEL O QUANTO ESSA CATEGORIA ESPERA HA 30ANOS POR ESSE PISO..EU SOU UM DELES,E QD ACONTECE,DE PARLAMENTAR,NOS ENXERGA EM TIRBILHAO DE PERDAS E DANOS NESSA PANDEMIA,VEM ESSE SR..PEDIR EXPLICAÇÃO SOBRE ASSUNTO QUE ACONTECE DESDE JANEIRO,AGORA..O PISO SALARIAL,CAUSA DESEMPREGO,MAS OS ALTOS SALÁRIOS DESSE SENHORES..DEPUTADOS.SENADORES.MAGISTRADOS DOSTF..NAO INTERFERE NA ECONOMIA..MAS O 3MIL REAIS É A BOMBA APOCALÍPTICA….HIPOCRISIA

  15. A lei foi passada, ela é uma droga… mas é lei. Deve ser cumprida. Depois irá destruir o mercado de trabalho dos enfermeiros. Mas é a lei. STF está legislando ao suspendê-la: não tem vícios formais na lei que justificassem o tribunal se intrometer na atividade legislativa. É mais um desmando, em cima de outros desmandos. Quem tem que desfazer o rolo da lei ruim é o legislativo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui