Há 30 anos em Copacabana, Bar Real Chopp ganha placa de Patrimônio Cultural Carioca

Com a entrega da placa, o Real Chopp passa a integrar o Circuito dos Botequins, que identifica os locais característicos e tradicionais da boemia

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Fabio Motta/Divulgação

Instalado na esquina das ruas Barata Ribeiro e Paula Freitas, o Real Chopp de Copacabana é o mais novo bar a receber o título de patrimônio cultural carioca da Prefeitura do Rio. Nesta quinta-feira (12/10), o prefeito Eduardo Paes inaugurou a placa do estabelecimento, considerado um clássico da Zona Sul.

Nada mais tem a cara do Rio de Janeiro do que um bom bar, um bom boteco. E o Real Chopp tem uma história aqui, nesse lugar. A vida, o jeito de ser, a civilização carioca se desenvolvem a partir desse espaço, desse lugar, e a gente tem uma forma de homenagear que é singela. Hoje estamos aqui decretando o Real Chopp como patrimônio cultural da nossa cidade“, disse o prefeito.

Proprietário do bar, Emílio Henrique Albuquerque, mesmo tímido, agradeceu a homenagem: “obrigado pelo reconhecimento, e agradeço aos clientes que vêm aqui”.

Com a entrega da placa, o Real Chopp passa a integrar o Circuito dos Botequins, que identifica os locais característicos e tradicionais da boemia, ressaltando o significado deles para a cultura carioca. O Real Chopp é o 35º a figurar nesta relação, que conta com bares como Belmonte do Flamengo, Amarelinho da Cinelândia, Bar do Momo, Bracarense, Bar da Portuguesa, Adega Pérola e Casa Paladino.

Advertisement

O trabalho de identificação dos patrimônios culturais da cidade é do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico (SMDUE). As famosas plaquinhas azuis de identificação de bens e locais começaram a ser instaladas em 1992 mas, desde 2010, os Circuitos do Patrimônio Cultural Carioca começaram a ser feitos por temas. Os circuitos deixaram de ser focados em arquitetura e passaram a abranger temas livres, ligados à cultura e à identidade do Rio.

Por meio da fixação de uma placa informativa, a Prefeitura seleciona locais de destaque para cada tema. Em cada placa, os visitantes podem saber um pouco mais sobre o local e sua importância para a história da cidade e o tema em questão. Atualmente, são 24 circuitos com bens culturais espalhados por toda a cidade, como Igualdade Racial, Literatura, Art-Déco, Trem, Samba, Bossa Nova e Negócios Tradicionais.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Há 30 anos em Copacabana, Bar Real Chopp ganha placa de Patrimônio Cultural Carioca
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui